Brasília e cidades do Entorno estão entre os 120 locais mais violentos

O ranking foi realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e será usado como base para programa de redução de crimes

atualizado 23/06/2021 16:38

arma de fogoHugo Barreto/Metrópoles

A capital federal e municípios goianos do Entorno figuram na lista dos 120 municípios mais violentos do país. O ranking foi realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Brasília (107ª colocação), Valparaíso (92ª) e Luziânia (77ª) aparecem na pesquisa divulgada nesta quarta-feira (23/6). Goiânia (98ª), Anápolis (87ª) e Aparecida de Goiânia (72ª) também estão na lista.

No ranking geral, os 15 municípios mais violentos estão concentrados no Acre, no Ceará, na Bahia e no Pará. A cidade mais violenta do país é Rio Branco, capital acreana (veja os 15 munícipios mais violentos na lista abaixo).

Os dados serão utilizados para orientar o Ministério da Justiça e da Segurança Pública em relação ao Programa Nacional de Enfrentamento de Homicídios e Roubos.

Veja os 15 munícipios mais violentos do Brasil:

  • Rio Branco (AC)
  • Caucaia (CE)
  • Maracanaú (CE)
  • Cabo de Santo Agostinho (PE)
  • Feira de Santana (BA)
  • Cruzeiro do Sul (CE)
  • Maranguape (CE)
  • Juazeiro do Norte (CE)
  • Camaçari (BA)
  • Mossoró (RN)
  • Alvorada (RS)
  • Altamira (PA)
  • Simões Filho (BA)
  • Santa Rita (PB)
  • Marabá (PA)

O instituto classificou os municípios com uma nota geral, com base na média anual de homicídios e na taxa dessa média por 100 mil habitantes entre 2018 e 2020, de modo que é possível conhecer a relação dos 15 mais violentos.

“A ordenação dos municípios por essa nota geral trata de forma complementar o número e a taxa de homicídios. Ao dar um peso maior aos municípios com maiores taxas de homicídios, garante que o programa comece nos locais em que a situação é mais grave”, explicam os pesquisadores do Ipea Danilo Coelho, Alexandre Cunha, Henrique Alves e Erivelton Pires Guedes, autores do estudo.

Média de homicídios alta

A mediana do total de homicídios nos municípios selecionados é 97 e a da taxa é 36 homicídios por 100 mil habitantes. Mais de 80% desses munícipios possuem taxas superiores à do Brasil como um todo.

Em relação à taxa de variação do número de homicídios entre 2019 e 2020, a sua mediana é positiva e igual a 3%, e 40% dos municípios tiveram uma variação negativa. Mais de 60% desses municípios sofreram uma variação superior à do Brasil.

Os 10 municípios com maiores taxas de variação do número de homicídios entre 2019 e 2020 são todos da Região Nordeste. O Rio de Janeiro e Pará apresentam, cada um, três municípios entre os 12 municípios com as menores taxas de variação de homicídios entre 2019 e 2020.

Últimas notícias