Brasil recebe 1 milhão de vacinas da Pfizer nesta terça-feira

Imunizantes saíram dos Estados Unidos e devem chegar ao Brasil por volta das 20h40, no Aeroporto de Viracopos, no estado de São Paulo

atualizado 03/08/2021 15:44

Vacinação para pessoas com 35 anos ou maisRafaela Felicciano/Metrópoles

A farmacêutica Pfizer entrega, nesta terça-feira (3/8), mais 1,053 milhão de doses de vacinas contra a Covid-19 ao governo federal. Os imunizantes saíram dos Estados Unidos (EUA) e devem chegar ao Brasil por volta das 20h40, no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (São Paulo).

Esta é a 36ª remessa de vacinas enviadas pela farmacêutica ao Ministério da Saúde desde o início da campanha de imunização contra a Covid-19. O lote faz parte das 17,6 milhões de doses que serão remetidas pelo laboratório entre os dias 3 e 22 de agosto.

Somadas aos lotes anteriores, mais de 47,6 milhões de doses terão sido entregues pela farmacêutica ao governo brasileiro em 2021. As entregas serão diárias nas próximas semanas.

Entre junho e agosto, a empresa enviou 13,2 milhões de vacinas ao Brasil. Desta vez, a farmacêutica contará com a parceria da companhia aérea LATAM para transportar os imunizantes. Até então, os envios eram realizados somente por aviões cargueiros.

A empresa tem dois contratos para envio de vacinas firmados com o governo federal. “Entre o final de agosto e setembro, há a previsão da chegada de quase 52,4 milhões de doses – que fazem parte do primeiro acordo firmado no dia 19 de março e que contempla a disponibilização de 100 milhões de vacinas até o final do terceiro trimestre de 2021”, informou a farmacêutica.

O segundo contrato, assinado em maio deste ano, prevê a entrega de outras milhões de doses entre outubro e dezembro de 2021. Segundo a Pfizer, “as doses do imunizante que estão chegando ao Brasil são produzidas em duas fábricas nos Estados Unidos, Kalamazoo e McPherson, além de uma fábrica na Europa, Purrs, na Bélgica”.

0

Últimas notícias