Braga Netto apresenta novos comandantes das Forças Armadas. Veja

Substitutos liderarão Exército, Aeronáutica e Marinha em momento de tensão

atualizado 31/03/2021 18:38

ComandantesFotos Igor Estrela/Metrópoles

O ministro da Defesa, Walter Braga Netto, anunciou, nesta quarta-feira (31/3), os novos comandantes das Forças Armadas.

Agora, o Exército Brasileiro será comandado pelo general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira; a Aeronáutica, pelo brigadeiro Carlos Almeida Baptista Júnior; e a Marinha, pelo almirante Almir Garnier Santos.

Durante o breve anúncio dos escolhidos, Braga Netto aproveitou os 57 anos do golpe militar para reforçar que o maior patrimônio de uma nação é a garantia da democracia e a liberdade do seu povo.

“A Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira se mantêm fiéis às suas missões constitucionais de defender a Pátria e garantir os poderes constitucionais e as liberdades democráticas”, assinalou.

O general Paulo Sérgio era o terceiro da lista de antiguidade apresentada pelo Ministério da Defesa ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido); Carlos Almeida, o segundo; e Almir Garnier, o primeiro.

Na terça-feira (30/3), os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica decidiram deixar os cargos.

Os titulares do Exército, general Edson Pujol; da Marinha, almirante Ilques Barbosa Junior; e da Aeronáutica, brigadeiro Antônio Carlos Moretti Bermudez, reuniram-se com o ex-ministro da Defesa Fernando Azevedo e Silva para comunicar a decisão. Havia a expectativa, contudo, de que ao menos Barbosa Júnior e Bermudez permanecessem.

Ao chegarem para a reunião com Braga Netto, porém, foram surpreendidos com a decisão do presidente Jair Bolsonaro de demiti-los. Foi a primeira vez que os três comandantes das Forças foram exonerados ao mesmo tempo no meio de um mandato.

0

Últimas notícias