Bolsonaro sobre impeachment: “Querem botar quem no lugar?”

Chefe do Executivo disse que está aberto para acolher sugestões que resolvam o imbróglio dos combustíveis, questão que vem causando tensão

atualizado 08/02/2021 11:54

A apoiadores no Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) questionou pedidos de impeachment contra ele e disse que a pessoa que querem colocar em seu lugar deveria apresentar soluções para a questão dos combustíveis, imbróglio que o governo tenta solucionar.

“Vem uns outros [falando de] impeachment. Vai resolver o quê? Quer tiram a mim e quer botar quem no lugar? Esse “quem” podia apresentar, nos ajudar com soluções agora. Eu tenho humildade para acolher qualquer sugestão, qualquer uma, seja qual for. A gente estuda.”

As altas recorrentes no valor do óleo diesel têm pressionado caminhoneiros contra o governo federal. Uma paralisação chegou a ser convocada pela categoria no início de fevereiro, mas teve baixa adesão.

0
Presidência da Câmara

Bolsonaro prosseguiu a conversa comemorando a mudança no comando da Câmara, com a eleição de um aliado para o cargo de presidente, o deputado Arthur Lira (PP-AL). “Tem que buscar solução? Tem. Graças a Deus, mudou o comando da Câmara.”

Em seguida, o mandatário fez uma citação indireta a Rodrigo Maia (DEM-RJ), ex-presidente com o qual antagonizou em diversos momentos e que saiu derrotado na eleição interna da Câmara.

“Esse cara que saiu da Câmara agora disse que ele vai agora encarnar a verdadeira oposição ao meu governo. Ele não tem que ser oposição ao meu governo, tem que ser favorável ao Brasil, porque quando se faz política barata, o povo sofre.”

A conversa de Bolsonaro com os simpatizantes na manhã desta segunda-feira (8/2) foi registrada em vídeo compartilhado em seu perfil no Facebook.

Últimas notícias