Bolsa Família: beneficiários receberão alerta contra trabalho infantil

Objetivo é avisar que crianças não devem trabalhar e mostrar que viver uma infância sadia é fundamental

ReproduçãoReprodução

atualizado 15/06/2019 13:20

Mais de 14 milhões de famílias brasileiras beneficiárias do Bolsa Família vão receber no mês de junho mensagens nos extratos de pagamento sobre o combate ao trabalho infantil.

A ideia é alertar que as crianças não devem trabalhar e mostrar que viver uma infância sadia é fundamental para o desenvolvimento e a trajetória dos pequenos, segundo informações do Ministério da Cidadania.

O governo federal vai desembolsar mais de R$ 2,6 bilhões nos pagamentos que começaram a ser transferidos nesta sexta-feira (14/06/2019).

Revisão cadastral
A média de repasse é de R$ 186,73 por beneficiado. As famílias também receberão comunicados para atualizarem suas informações, devido ao processo de revisão cadastral deste ano.

O secretário especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra, disse que o repasse ajuda as famílias a criarem condições para sair da pobreza.

Entre as cinco regiões do país, o Nordeste é a que concentra a maior quantidade de famílias beneficiadas pelo programa, seguido do Sudeste e do Norte.

Últimas notícias