“Boa e honesta”, diz irmão de grávida morta pelo ex-companheiro

O corpo de Miryan Moraes da Cruz foi encontrado, na última quinta-feira (16/01/2020), boiando em um igarapé

ReproduçãoReprodução

atualizado 17/01/2020 14:02

Uma jovem grávida de quatro meses foi brutalmente assassinada com facadas e depois arremessada de uma ponte, em Manaus (AM). O corpo de Miryan Moraes da Cruz foi encontrado, na última quinta-feira (16/01/2020), boiando em um igarapé. O criminoso está foragido.

O irmão da vítima, Eliony Moraes, afirmou que Miryan trabalhava como garçonete, era independente e humilde. De acordo com Eliony, a jovem vivia um relacionamento agitado com Roberto Brito, 25 anos, apontado como principal suspeito do crime.

Confira a reportagem completa no site Manaus Alerta, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias