metropoles.com

Bimotor decolou com atraso de 3h20; pescadores o viram em voo baixo

Pescadores relataram que viram avião em baixa altitude em direção a Serra Negra, acesso de Paraty, no Rio. Aeronave caiu no mar em Ubatuba

atualizado

Compartilhar notícia

Aline Massuca/Metropoles
Avião bimotor que caiu no mar em Ubatuba (SP) iria pousar no aeroporto de Jacarepaguá, no RJ
1 de 1 Avião bimotor que caiu no mar em Ubatuba (SP) iria pousar no aeroporto de Jacarepaguá, no RJ - Foto: Aline Massuca/Metropoles

São Paulo – O avião bimotor que caiu na noite dessa quarta-feira (24/11) em região de mar aberto em Ubatuba, litoral de São Paulo, tinha pouso previsto para as 21h50 no Aeroporto de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

No entanto, de acordo com os registros do Aeroporto Estadual de Campinas – Campo do Amarais, de onde a aeronave decolou, o último contato feito foi às 21h40. Ela decolou com 3h20 de atraso, já que a previsão era sair da cidade paulista às 17h.

0

De acordo com o Corpo de Bombeiros de São Paulo, pescadores relataram que viram uma aeronave em baixa altitude durante a noite dessa quarta-feira (24/11) voando em direção a Serra Negra, acesso a Paraty, no Rio de Janeiro.

Segundo a corporação, as buscas em mar aberto com uma embarcação e quatro homens estão concentradas nessa região.

O Aeroporto Estadual de Campinas – Campo do Amarais informou ao Metrópoles que o bimotor aterrissou no local nessa quarta-feira (24/11) e não chegou a ser abastecido.

A aeronave deveria ter decolado com destino ao Aeroporto de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, às 17h. Porém, a decolagem atrasou 3h20 e o avião só levantou voo às 20h20. 

O avião modelo PA-34-220T estava registrada como propriedade do copiloto José Porfírio de Brito Júnior, de 20 anos. O jovem estava no bimotor com mais duas pessoas, o piloto e um passageiro, ainda não identificados.

Destroços

A Aeronáutica informou ao Metrópoles que o Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico de Curitiba (ARCC-CW), unidade da Força Aérea Brasileira responsável por coordenar as operações de buscas aéreas na região, encontrou destroços de uma aeronave na região.

Há a possibilidade de ser do avião bimotor desaparecido. A Aeronáutica foi notificada na noite dessa quarta-feira (24/11) sobre o desaparecimento da aeronave de prefixo PP-WRS no litoral do estado do Rio de Janeiro.

De acordo com a nota do órgão, às 4h15 dessa quinta-feira (25/11) um helicóptero H-36 Caracal do 3°/8° GAV iniciou as buscas na área delimitada, utilizando óculos de visão noturna (NVG, sigla em inglês para Night Vision Goggles).

Ainda segundo a Aeronáutica, às 6h35, a localização dos destroços foi repassada aos órgãos de busca marítima e os voos continuam.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações