*
 

O bebê que nasceu em uma cesariana de emergência no último dia 13, depois que sua mãe, grávida de 8 meses, foi baleada durante uma tentativa de assalto em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, deixou o hospital nesta segunda-feira (5/2).

Michelle Araújo, 33 anos, recebeu alta em 21 de janeiro, mas só saiu da unidade de saúde nesta segunda. Durante a tentativa de assalto, ela foi atingida na testa, levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Bom Pastor e, em seguida, para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, onde chegou em estado gravíssimo e foi submetida a uma cirurgia para descompressão craniana. Depois de atirar e ver Michelle ferida, os assaltantes fugiram sem levar nada.

O bebê chegou a ficar mais de uma hora sem receber oxigenação adequada até que os médicos conseguissem estabilizar a mãe e realizar a cesariana para salvá-la. Michelle não terá sequelas, segundo os médicos.

“Só tem que ter um cuidado mesmo por se tratar de um bebê prematuro. Cuidados para evitar pegar um resfriado agora, alguma coisa do tipo, como é o cuidado com qualquer bebê prematuro. Foram feitos todos os testes neurológicos e, graças a Deus, não teve nada. Nenhuma sequela, nenhuma hemorragia”, comemorou o pai, Wallace Araújo, ao sair do Hospital de Clínicas Mário Lioni, em Duque de Caxias, também na Baixada Fluminense, onde o bebê estava internado.