Avião tem pane em Cuiabá e passageiros ficam feridos durante retirada

Aeroporto explicou que a situação foi controlada e que os procedimentos de emergência foram acionados imediatamente

atualizado 25/11/2021 15:10

A aeronave não chegou a decolarArquivo pessoal

Um avião da Azul apresentou falhas antes mesmo de decolar do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, Região Metropolitana de Cuiabá. Passageiros ficaram feridos e precisaram deixar a aeronave pela saída de emergência. O voo tinha como destino a cidade de São Paulo, sem escalas e com duração aproximada de duas horas.

“O avião já estava em procedimento de decolagem. No painel do piloto, foi acionado um alerta de que havia uma falha, o que fez com que ele tivesse que dar uma freada muito brusca. Por ser de repente, os passageiros se assustaram”, explicou a assessoria da companhia do Aeroporto Marechal Rondon.

Veja vídeo:

“Gritaram para sair rápido”, diz influencer sobre pane no avião

Vídeo mostra correria e descida no escorregador de avião em pane

De acordo com o relato, a equipe de bordo utilizou as saídas de emergência e o escorregador inflável, uma vez que a aeronave estava muito distante do terminal.

“Imediatamente contatamos a torre de controle e foram chamadas as equipes de resgate, que socorreram os passageiros”, apontou a assessoria. Por causa do procedimento, alguns passageiros ficaram feridos e pelo menos houve dois casos graves: uma pessoa teria quebrado a perna e uma mulher grávida ficou abalada com a situação. “O aeroporto foi fechado por duas horas, o que acarretou o atraso de três voos”, finalizou a nota.

0
“Todo mundo desesperado”

A digital influencer de Rondonópolis Ana Paula Blomker está entre os passageiros que saíram às pressas de um avião da empresa Azul prestes a decolar do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, Região Metropolitana de Cuiabá (MT), rumo a Guarulhos (SP).

“O avião acelerou com tudo e freou de uma vez. As aeromoças abriram as duas portas da frente, inflaram os tobogãs – nem sabia que tinha – e só gritaram para sair rápido e não pegar nada. Todo mundo desesperado”, relata Ana, com sua filha no colo.

Passageiros ficaram feridos e precisaram deixar a aeronave pela saída de emergência. O voo tinha como destino a cidade de São Paulo, sem escalas e com duração aproximada de duas horas.

Com informações do RD News, parceiro do Metrópoles

Mais lidas
Últimas notícias