Avaliados em R$ 3 milhões, agrotóxicos roubados são apreendidos em GO

De acordo com PRF, mercadoria havia sido roubada em Goiás e era levada em caminhão para Tocantins. Polícia Civil investiga dono do veículo

atualizado 28/04/2021 12:29

Divulgação: Ascom/PRF-GO

Goiânia – Uma carga de 3,5 toneladas de agrotóxicos roubados, avaliada em R$ 3 milhões, foi apreendida, em Porangatu, a 410 quilômetros de Goiânia, no norte de Goiás, na tarde de terça-feira (27/4). O flagrante foi realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a PRF, a carga era transportada em um caminhão, conduzido por um idoso de 67 anos. Ao ser parado em um trecho da BR-153, na cidade goiana, a os policiais se surpreenderam com o valor e tipo de mercadoria transportada, considerada de alto risco de roubo, desacompanhada de segurança.

O motorista contou aos policiais que ele foi contratado pelo proprietário do caminhão para conduzir o veículo de São José do Rio Preto (SP) e transportar a carga até Paraíso (TO). As duas cidades ficam a 1.447 quilômetros de distância, uma da outra.

Dois roubos

Após checar a documentação da mercadoria, os policiais descobriram irregularidades relacionadas aos agrotóxicos, o que levantou suspeitas.

Ao consultar as empresas fabricantes das cargas, a PRF descobriu que parte dos agrotóxicos é produto de dois roubos em outras cidades goianas. O primeiro deles, segundo a polícia, ocorreu em 18 de abril, em Mineiros, e o segundo, seis dias depois, em Catalão.

O caminhão e a carga foram apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Porangatu, assim como o motorista, que não teve o nome divulgado. Ele foi liberado.

Investigação

Delegada regional da Polícia Civil, Jocelaine Braz Batista disse ao Metrópoles que o caminhão continua apreendido e, segundo ela, a carga de agrotóxicos roubados será devolvida à empresa dona do agrotóxico.

A delegada afirmou, ainda, que o proprietário do caminhão, que também não teve o nome divulgado, é alvo de investigação.

Mais lidas
Últimas notícias