Associação faz alerta para apps de paquera após mortes de gays no PR

Diretor-presidente da Aliança Nacional LGBTI+, Toni Reis, acompanha com muita apreensão a investigação em torno das mortes de jovens

atualizado 11/05/2021 14:09

David Levisio, de 30 anos, e Marcos Vinício Bozzana da Fonseca, de 25Reprodução

Após duas mortes de jovens gays, a Aliança Nacional LGBTI+ vai iniciar uma campanha de alerta para aplicativos de relacionamento em Curitiba (PR).

Em entrevista nessa segunda-feira (10/5), o diretor-presidente da entidade, Toni Reis, confirmou que o grupo acompanha com muita apreensão a investigação em torno da morte de David Levisio, de 30 anos, e Marcos Vinício Bozzana da Fonseca, de 25, e teme que o assassino possa ser o mesmo. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga ambos os casos.

Leia mais em Banda B, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias