Assassinatos no Brasil aumentaram 5% em 2020, aponta índice

Após dois anos consecutivos de queda, o ano da pandemia registrou um aumento nos crimes violentos, principalmente, na região do nordeste

atualizado 12/02/2021 8:14

DmitriMaruta/iStock

Plataforma desenvolvida pelo G1 apontou que após dois anos consecutivos de queda, em comparação com 2019, o Brasil registrou uma alta de 5% nos crimes violentos em 2020. O índice nacional de homicídios tem como base os dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

De acordo com o índice, houve uma diferença de 2.162 mortes de 2019 para 2020, isto porque foram registradas 41.730 em 2019, contra 43.892 em 2020. O índice inclui as vítimas de homicídios dolosos, feminicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte.

Mesmo com 20% de aumento nos assassinatos, o nordeste também foi a região responsável por grande parte da queda de mortes nos últimos dois anos. Os dados de cada mês, fazem parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Os dados apontam que:

  • houve 43.892 assassinatos em 2020, o que significa 2.162 mortes a mais que em 2019
  • região Nordeste foi a principal responsável pela alta no país: 20% de aumento
  • Ceará foi o destaque negativo, com um aumento de 81% nas mortes
  • 14 estados apresentaram alta de assassinatos no período
  • 4 estados tiveram altas superiores a 15%: Paraíba, Piauí, Maranhão e Ceará
  • maior queda se deu na região Norte: -11%
  • Pará foi o estado com a maior diminuição de mortes: -19%

Últimas notícias