Após suposta queimadura com narguilé, bebê é retirado dos pais em GO

Criança de apenas 1 ano sofreu grave queimadura no braço e foi resgatado pelo Conselho Tutelar

atualizado 06/04/2021 18:30

goias bebe é resgatado dos pais após sofrer queimadura com carvao de narguileReprodução/PM

Goiânia – Um bebê de apenas 1 ano foi resgatado pelo Conselho Tutelar do município de Jataí, no sudoeste goiano, por suspeita de maus-tratos dos pais. A criança foi resgatada nesta segunda-feira (5/4) após uma denúncia anônima.

Ao chegarem na residência da família, os conselheiros constataram que o bebê tinha uma extensa queimadura pelo braço direito que, segundo informações da Polícia Militar de Goiás (PMGO), foi causada por carvão de narguilé.

De acordo com os conselheiros, foi necessário chamar a corporação porque o casal se recusou a entregar o bebê. O pai, de 24 anos, e a mãe, de 18, foram detidos pela polícia, assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foram liberados em seguida.

Ainda de acordo com o Conselho Tutelar, antes de ser entregue a algum familiar ou levado a um abrigo – a informação está em segredo de Justiça, por isso não pode ser revelada – o bebê recebeu curativos no braço queimado.

Resgate

Conforme registro da PMGO, a corporação foi acionada para ajuda o Conselho Tutelar a pegar o bebê, pois houve resistência dos pais.  Consta no relato que o casal recebeu conselheiros e policiais “com muita falta de respeito”. Por isso, os dois foram levados a uma delegacia, onde o caso foi registrado como “desobediência”.

De acordo com informações do registro policial, a casa em que a família mora estava em más condições de higiene e com mau odor. Não há detalhes de como o bebê se queimou.

A suposta situação de maus-tratos contra o bebê foi registrada pelo Conselho Tutelar na Polícia Civil, que deve investigar o caso, na manhã desta terça-feira (6).

Últimas notícias