Após 13 anos morando fora, filho volta e mata o pai estrangulado com cinto

O idoso Antônio de Nazaré e o filho não tinham um bom relacionamento, mas estavam convivendo desde a volta do homem para casa

atualizado 30/06/2020 11:19

Um homem foi preso em Marituba, município da Região Metropolitana de Belém, após confessar à irmã ter matado o pai de 65 anos estrangulado com um cinto. O crime aconteceu no último domingo (28/06). As informações são do jornal O Liberal.

Alcemir Borcem de Nazaré, de 40 anos, morava há 13 em Tocantins e, na última sexta-feira (26/06), chegou na casa do pai em Marituba alegando ter se separado da esposa.

O idoso Antônio de Nazaré e o filho não tinham um bom relacionamento, mas desde que Alcemir retornou, os dois comemoravam e bebiam juntos. O fato teria surpreendido uma outra filha do idoso.

Na manhã do último domingo, Alcemir foi até a casa da irmã e disse que tinha matado o pai. Um familiar foi até a casa do idoso e o encontrou morto com um cinto amarrado no pescoço, em cima de uma cama.

A polícia foi acionada e o homem que disse ter matado o próprio pai não resistiu a prisão. Alcemir foi levado à 18ª Seccional Urbana de Marituba, prestou depoimento e está à disposição da Justiça.

Em depoimento, a mulher revelou que Alcemir é usuário de drogas e que, segundo vizinhos da casa do pai, ele estava desde o dia anterior dizendo que iria matar o idoso. Preso, Alcemir ainda estava alterado, aparentado ter consumido álcool e drogas.

Últimas notícias