*
 

Nova York — O proprietário da JBS Friboi, Joesley Batista, está em Nova York, onde ele tem um apartamento em um dos prédios mais exclusivos da cidade, o Baccarat Residences.

No entroncamento da Rua 53 com a Quinta Avenida, entre os números 20 e 30, também funciona um hotel. As diárias mais baratas custam acima de R$ 3.300 (US$ 1 mil), como informa o próprio site do local. Os hóspedes têm acesso a restaurante, sauna, jacuzzi, cobertura, bar autoral, vallet parking, spa, academia e piscina olímpica.

Nos andares mais altos, porém, ficam as residências. De acordo com a empresa StreetEasy, que faz consultoria imobiliária, o preço médio do apartamento é de R$ 30 milhões (US$ 8,4 milhões) e o aluguel custa, em média, R$ 100 mil (US$ 33 mil) por mês.

Em frente ao prédio fica o Museu de Arte Moderna (MoMa), uma das principais atrações turísticas da cidade, que hospeda obras de artistas como Pablo Picasso, Vincent Van Gogh, Claude Monet e Paul Gauguin.

À esquerda, está um local conhecido dos brasileiros: a churrascaria Fogo de Chão. Ainda no mesmo quarteirão há lojas da Rolex e dos chocolates suíços Lindt.

Batista deixou o Brasil há dois dias alegando correr risco de vida. Trechos da sua delação premiada envolveram diretamente o presidente Michel Temer e levaram a maior crise de seu governo.

A região do prédio de Joesley está com um esquema de segurança forte, mas ninguém confirma ou nega se tratar de uma medida focada no ilustre proprietário.

 

 

COMENTE

Nova YorksociedadeluxoMundoJoesley Batista
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil