Amiga matou mulher e roubou filho da vítima após fingir gravidez

A suspeita, que teve a prisão preventiva decretada, fugiu da cidade após ser descoberta pela Polícia Civil

atualizado 31/01/2020 19:35

Arquivo Pessoal

A mulher que foi encontrada morta dentro de casa e teve o filho levado no início deste mês, em Eunápolis, no sul da Bahia, foi assassinada por uma amiga. Segundo a Polícia Civil, ela queria roubar o bebê de 2 meses da vítima, porque fingiu a gravidez para o namorado. As informações são do G1.

A suspeita não teve a identidade revelada, mas confessou a autoria do assassinato de Silvia Letícia Araújo Pacheco por uma mensagem enviada pelo WhatsApp.

De acordo com a reportagem, ela também contou o motivo do crime: enganou o atual namorado e, por isso, decidiu matar Silvia Letícia. O corpo da vítima, encontrado em 4 de janeiro, aparentava ainda sinais de violência.

A suspeita é ex-companheira de um presidiário e fugiu da cidade após ser descoberta. Ela teve a  prisão preventiva decretada e é procurada pela polícia.

Últimas notícias