metropoles.com

Agressor de procuradora em SP ficará suspenso por 30 dias sem salário

Demétrius Oliveira Macedo, 34 anos, espancou sua chefe Gabriela Samadello Monteiro de Barros, 39 anos, na prefeitura de Registro

atualizado

Reprodução
O procurador Demétrius Oliveira Macedo espancou na segunda (20/6) sua chefe a procuradora-geral do município Gabriela Samadello Monteiro de Barros

São Paulo – A prefeitura de Registro, no interior de São Paulo, suspendeu preventivamente nesta quarta-feira (22/6) Demétrius Oliveira Macedo do cargo de procurador.

O homem de 34 anos espancou na segunda (20/6) sua chefe a procuradora-geral do município Gabriela Samadello Monteiro de Barros, 39 anos. A agressão foi registrada em vídeo por uma colega de trabalho.

Veja o vídeo:

 

 

O afastamento temporário foi publicado no Diário Oficial da cidade e prevê também a interrupção do salário do servidor municipal.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

O procurador Demétrius Oliveira Macedo deve ser exonerado do cargo de servidor público devido ao processo administrativo aberto contra ele, segundo o G1.

“É necessário seguir essa etapa e os tramites legais para que a decisão seja tomada de maneira consistente”, afirmou a prefeitura ao G1 sobre a exoneração.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.






Quais assuntos você deseja receber?