Advogado: filho de Flordelis não confessou assassinato de pastor

Segundo Anderson Rollenberg, Flávio dos Santos não prestou depoimento e nega a participação no crime do padrasto

Reprodução/instagramReprodução/instagram

atualizado 24/06/2019 20:24

O advogado Anderson Rollenberg afirmou nesta segunda-feira (24/06/2019) que Flávio dos Santos, de 38 anos, filho da deputada Flordelis (PSD-RJ), não prestou depoimento à polícia nem confessou o assassinato de seu padrasto, o pastor Anderson do Carmo, no domingo retrasado. “Ele nega completamente a participação”, afirmou. A parlamentar presta depoimento sobre o caso nesta segunda.

A delegada Bárbara Lomba afirmou oficialmente à imprensa na última sexta-feira (21/06/2019) que Flávio teria confessado ter atirado seis vezes no padrasto. Rollenberg afirmou que não teve ainda acesso ao inquérito, mas que, se houve algum tipo de confissão foi inidônea, sem a presença de advogados.

O depoimento de um dos filhos da pastora e deputada federal deu novo o rumo às investigações em torno da morte do pastor. As declarações sugerem que o assassinato poderia ser uma trama macabra em família, envolvendo não apenas Flávio e Lucas dos Santos (filhos biológico e adotivo do casal) mas também outras três irmãs e a própria Flordelis.

Segundo o jornal O Dia, um dos filhos ouvidos pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí afirmou que não ouviu barulho de carro ou moto em fuga. Flordelis havia dito que viu duas motos seguindo o carro e que, depois de o casal entrar em casa, Anderson voltou para buscar algo no carro. O depoente ainda relatou que encontrou Flávio ao lado de Anderson, que estava caído no chão.

Últimas notícias