*
 

O Comitê Paralímpico Brasileiro anunciou nesta segunda-feira (5/9) que a goiana Shirlene Coelho, moradora do Distrito Federal, será a porta-bandeira da equipe do país na cerimônia de abertura dos Jogos do Rio, marcada para ocorrer na próxima quarta-feira (7), no estádio do Maracanã.

A escolha é histórica, pois nunca uma mulher havia recebido a honra de conduzir a bandeira brasileira na abertura de uma edição da Paralimpíada. Agora, porém, Shirlene Coelho foi selecionada em uma votação que envolvia todos os paratletas da delegação brasileira.

A disputa era restrita aos competidores que já conquistaram uma medalha de ouro paralímpica e não possuem eventos agendados para o dia seguinte ao da cerimônia de abertura dos Jogos do Rio.

Shirlene Coelho possui duas medalhas paralímpicas. Ela foi ouro nos Jogos de Londres, em 2012, e prata em Pequim, em 2008, no lançamento de dardo, na categoria F37 (atletas com paralisia cerebral). Ela também possui os recordes mundiais e paralímpicos da prova.

Nos Jogos do Rio, Shirlene Coelho que tem paralisia cerebral desde a gestação, disputará mais duas provas, além da defender o seu título do lançamento de dardo. Ela competirá no arremesso de peso e no lançamento de disco.

 

 

COMENTE

paralimpíadashirlene coelho
comunicar erro à redação