*
 

A enxurrada de críticas e a crise provocada pelo aumento das tarifas do transporte coletivo a partir desta segunda-feira (2/1) farão com que o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) retorne mais cedo das férias. O socialista está em viagem a Aracaju (SE) e vai retornar também nesta segunda, em vez do dia 9 de janeiro, como estava planejando.

A decisão foi tomada depois da posse da nova Mesa Diretora da Câmara Legislativa na manhã deste domingo (1º/1). Os distritais e até mesmo o vice-governador Renato Santana (PSD), presente na cerimônia, não pouparam críticas ao reajuste de até 25% anunciado na véspera do ano-novo pelo governo do DF.

Sob novo comando, do deputado Joe Valle (PDT), os distritais estudam uma convocação extraordinária em plenas férias para analisar o aumento e a edição de um decreto legislativo suspendendo a medida. “Caso o governador não acate a decisão, a Câmara vai fazer”, disparou o novo presidente do Legislativo local, ao defender a suspensão do reajuste. Nesta segunda, às 10h, a Mesa fará sua primeira reunião para tratar do assunto.

De acordo com a assessoria do governador, Rollemberg quer participar dos debates sobre o aumento das passagens, explicando os motivos que fizeram com que o GDF autorizasse a correção. Mas, por enquanto, o chefe do Executivo não pensa em recuar na decisão de reajustar as tarifas do transporte coletivo.

 

 

COMENTE

Rodrigo RollembergviagemfériasAumento passagem
comunicar erro à redação