">
*
 
 

Chega ao fim um mistério no mundo da TV americana. Calma, a série “American Horror Story”, antologia de terror criada por Ryan Murphy e Brad Falchuk, não foi cancelada.

Após manter em segredo o tema da sexta temporada, uma novidade para os padrões do show, a estreia dos novos episódios na noite desta terça-feira (14/9) matou a charada — e terminou com a especulação criada pela divulgação de trailers, fotos e pistas, algumas delas falsas, feitas só para confundirem os espectadores.

AHS já explorou uma casa mal assombrada, um hospício, o universo de bruxas modernas, um circo de “aberrações” e um hotel. Agora, a série revisita uma famosa história norte-americana. Em “My Roanoke Nightmare”, o enredo é baseado em fatos estranhos ocorridos em uma colônia dos EUA nos idos de 1590.

Localizado onde hoje é o estado da Carolina do Norte, nos EUA, a comunidade ficou famosa por causa da história de John Willis. Governador do condado onde a ilha de Roanoke estava localizada, ele precisou fazer uma viagem à Inglaterra para buscar suprimentos. Ao retornar, descobriu que todos habitantes de lá — mais de 100 pessoas — haviam sumido.

Em AHS:6, classificado como “baseado em fatos reais”, os personagens de Lily Rabe e André Holland contam sua narrativa em forma de documentário nos dias atuais. Sarah Paulson e Cuba Gooding Jr. interpretam o casal no “filme dentro da série”.

Reprodução

Rumores dão conta de que Lady Gaga, estrela do quinto “capítulo” de “American Horror Story”, retorne para este sexto ano em uma participação menor — a atriz e cantora se prepara para lançar mais um disco e liberou a primeira faixa, “Perfect Illusion”, na semana passada.

Próximos projetos
Ryan Murphy e Brad Falchuk, se preparam para a estreia de duas novas produções antecipadas. A primeira dela é a segunda temporada de “Scream Queens”.

A outra é o segundo ano de “American Crime Story”, cuja temporada de estreia, indicada ao Emmy deste ano, tratava do julgamento de O.J. Simpson. Para o próxima empreitada, os crimes cometidos antes, durante e depois do furacão Katrina, que assolou Nova Orleans em 2005, será o tema principal. Estreia em 2017.

Já Murphy assinará sozinho outro projeto: “Feud”, série de TV que tratará de grandes rivalidades do mundo do entretenimento. Susan Sarandon e Jessica Lange representarão Joan Crawford e Bette Davis, desafetos confessos à época das filmagens de “O Que Teria Acontecido a Baby Jane?”, de 1962, a partir do ano que vem.

American horror storyRyan MurphyBrad FalchukRoanoke
 


COMENTE

Ler mais do blog