Vitrine M

Progressiva ou realinhamento dos fios? Veja produtos e quais cuidados tomar

Raycka Barros, especialista em tratamentos capilares e colorimetria, chama a atenção para os riscos e dá dicas para a escolha adequada

atualizado 20/11/2020 11:27

Getty Images

Muitas mulheres têm optado por realizar escovas progressivas e realinhamento dos fios (também conhecido como plástica dos fios) em casa, em razão da pandemia de coronavírus. O modo de aplicação parece simples, mas é preciso ter muito cuidado. 

Se feitos de forma inadequada, os tratamentos de redução de volume podem causar danos extremos aos cabelos e até causar graves reações alérgicas. A cabeleireira Raycka Barros, especialista em tratamentos capilares e colorimetria, conta que realizou inúmeros atendimentos para fazer correções em progressivas e realinhamentos mal executadas. “Em alguns casos, a única solução é o corte”, afirma.

Ela explica que a maioria dos procedimentos de redução de volume contém alguma quantidade de formol ou de algum composto ligado a ele.

“Atualmente, a Anvisa permite um percentual de 0,2% de formol nos produtos. Nessa quantidade, ele vai agir como conservante do tratamento. Não vai proporcionar o liso total, apenas reduz o volume ou frizz”. Ou seja, se o cabelo ficar totalmente liso, provavelmente o produto contém mais formol do que o permitido.

Segundo Raycka, tudo que controla ou reduz volume pode ter uma ligação com formol. “Há muitas ramificações do formol que estão presente até em shampoos, leave-ins, máscaras, etc. O problema do uso sem conhecimento é que o formol faz o envelopamento da cutícula do cabelo, o que nos impossibilita de saber como está o fio por dentro. O cabelo pode estar brilhoso por fora e extremamente danificado por dentro. Isso é perigoso porque o fio pode se partir ao meio, já que ele fica tão blindado que a nutrição não entra”.

Para a profissional, a melhor opção é recorrer a um profissional capacitado. Mas, se o tratamento em casa for indispensável, as dicas são:

Antes de comprar

  • Pesquise. Não compre por comprar. Leia sobre as marcas e se informe bem.
  • Leia a composição do produto no rótulo. Atualmente, há mais de 20 nomes diferentes para os componentes químicos derivados do formol, entre eles: methanal, metileno formol, aldeído fórmico, óxido de metileno e metil aldeído.
  • Escolha bons produtos. Prefira marcas conhecidas, com credibilidade no mercado. O barato pode sair caro!

Depois de comprar

  • Faça um teste de mechas antes de aplicar o produto por completo. Assim você se previne, por exemplo, de uma reação alérgica.
  • Não passe o produto na raiz. Ao contrário do que parece, a distância segura de aplicação é de, no máximo um centímetro do couro cabeludo.
  • Depois da aplicação, faça um cronograma de nutrição e hidratação capilar. 
  • Passe protetor térmico no cabelo antes de usar o secador ou a chapinha, a fim de manter o frizz controlado e a saúde dos fios. 
  • Não use água muito quente, pois o calor faz com que o produto saia mais rápido. Prefira a água morna ou fria.
  • Não faça retoques antes de três meses. “Nesses 90 dias, o cabelo terá tempo de ser recuperado e hidratado. Não aconselho a fazer antes por conta da sobrecarga dos fios, que dá aquele aspecto de ‘espigado’”, diz Raycka.

Abaixo, selecionamos os tratamentos de redução de volume com melhor avaliação na internet. Mas, atenção! Os produtos a seguir não foram testados pelo Metrópoles. Antes de comprar, lembre-se de pesquisar a composição ou consultar um profissional da área. 

Keeping Liss, da Lowell

Keeping Liss, da Lowell
380,00EmpresaComprar

Kit Plástica dos Fios, da Cadiveu

Kit Plástica dos Fios, da Cadiveu
299,90EmpresaComprar

Escova progressiva Blue Gold, da Salvatore

Escova progressiva Blue Gold, da Salvatore
224,00EmpresaComprar

Oxireduct alinhamento térmico, da Tyrrel

Oxireduct alinhamento térmico, da Tyrrel
159,00 EmpresaComprar

Progressiva All Time Orgânica, da Zap

Progressiva All Time Orgânica, da Zap
94,90EmpresaComprar

Progressiva Me Leva, da Zap

Progressiva Me Leva, da Zap
59,90EmpresaComprar

Selagem Gradativa Liso Mágico, da Eico

Selagem Gradativa Liso Mágico, da Eico
79,90EmpresaComprar

 

Quem não deve fazer progressiva ou realinhamento dos fios

Raycka recomenda que crianças, adolescentes, gestantes e lactantes evitem esses tipos de tratamento, ainda que o rótulo ou a propaganda do produto diga o contrário. “Até os 15 anos há uma mutação genética muito grande acontecendo no corpo e a estrutura dos fios ainda não está definida”, explica.

“Em relação às grávidas e mulheres que amamentam, há sim um risco porque a pessoa inala o vapor do produto. O cheiro pode ser disfarçado, seja formol ou de ácidos, mas a composição está lá e não sabemos ao certo as consequências deles”, completa.  

Agradecimento:

Raycka Barros Concept

Instagram: @rayckabarrosconcept
WhatsApp: (61) 98351-0847

Os valores mencionados se referem à data de publicação da matéria e podem sofrer alterações de acordo com os critérios de cada loja. O Metrópoles não comercializa os produtos ou serviços citados.

Mais Vitrine M
Newsletter