Vitrine M

Enoturismo: 4 destinos para descobrir os melhores vinhos da América do Sul

Conhecer vinícolas e rotas charmosas é uma boa opção para quem quer sair da quarentena pronto para uma viagem romântica regada a bons vinhos

atualizado 06/07/2020 10:31

Mulher visita vinícolaIrina Gorskaia/Unsplash

Quem ficou longe do mozão nesta quarentena deve estar cheio de planos para as próximas férias. Uma boa ideia para os apaixonados é o enoturismo: entre visitas a vinícolas e degustações de vinhos inusitados, o clima de romance é certo. Aos solteiros, a ideia de fazer enoturismo com os amigos pode ser igualmente divertida. A América do Sul tem boas opções desta modalidade de turismo, inclusive no Brasil, em Bento Gonçalves (RS). O Metrópoles selecionou quatro pacotes para aqueles que pretendem conhecer melhor os vinhos do Novo Mundo. Uma das opções selecionadas está previsto para 2020 e as outras devem ser agendados em 2021. Todos têm cancelamento grátis.

Santiago e Concha Y Toro

Este pacote inclui, além das 5 a 7 diárias em Santiago, um passeio à famosa vinícola Concha Y Toro. A apenas 150 quilômetros da capital chilena, o Vale de Colchagua abriga outras vinícolas que merecem a visita: Viu Manent, Viña Montes e a Viña Santa Cruz. Quem preferir pode fazer um dia de passeio no inusitado Tren Sabores del Valle, uma atração que funciona um sábado por mês. A viagem de trem que sai de Santiago e conta com apresentações de música ao vivo, degustação de vinhos e visitas a vinícolas da região. Este pacote pode ser usado entre 1º de outubro e 30 de novembro de 2020 e inclui também hospedagem e café da manhã. Os preços começam em R$ 2.409 por pessoa.

NÃO USAR NOVAMENTE - Vinhedo da Concha Y Toro
Preço: pacotes com 5 a 7 diárias, a partir de R$ 2.409 por pessoa

Santiago e Mendoza

Embora o pacote não inclua passeio a vinícolas, as duas cidades são conhecidas pelo enoturismo. Além dos passeios em torno de Santiago, citados acima, a cidade argentina oferece opções interessantes. Por ali, a uva Malbec reina em vinícolas famosas como a Catena Zapata, Norton e Clos de Los Siete. O pacote pode ter 5 ou 7 diárias e deve ser marcado entre 1º de março e 30 de novembro de 2021. Inclui passagem e hospedagem sem café da manhã e custa a partir de R$ 2.807 por pessoa.

NÃO USAR NOVAMENTE - Vinícola
Preço: Pacotes de 5 ou 7 diárias, a partir de R$ 2807

Bento Gonçalves

O Vale dos Vinhedos, onde se localiza Bento Gonçalves (RS), é o centro do enoturismo no Brasil. Por ali, é possível visitar vinícolas como a tradicional Casa Valduga. Fundada em 1875, a empresa tem um complexo enoturístico desde 1992, com direito a roteiro de visitação, experiência com harmonização de vinhos no restaurante Maria Valduga, além de cursos de harmonização e degustação.

Este pacote pode ter 2, 3 ou 4 diárias, e inclui passagem aérea até Porto Alegre (RS) e hospedagem com café da manhã a partir de R$ 519 por pessoa. É possível incluir o transfer do aeroporto até o hotel em Bento Gonçalves ou alugar um carro para circular na região. O serviço deve ser agendado entre 1º de março e 30 de novembro de 2021.

NÃO USAR NOVAMENTE - Vinícola em Bento Gonçalves (RS)

Preço: pacotes com 2, 3 ou 4 diárias, a partir de R$ 519 por pessoa

Montevideo com vinícolas

Por fim, o Uruguai não fica atrás de nenhum dos hermanos em termos de produção vinífera. Perto da capital, Montevidéu, 3 vinícolas se destacam pela infraestrutura, bons vinhos e interessantes experiências de degustação. A Bodega Bouza está inclusa no pacote, enquanto a Juaicó e a Pizzorno valem a visita. Inclui passagem aérea, 5 diárias de hospedagem em Montevidéu com café da manhã incluso e o passeio à vinícola, com o sem almoço, a depender da opção do cliente. A viagem custa a partir de R$ 3.309 por pessoa.

Montevidéu, Uruguai
Preço: pacotes com 5 diárias, a partir de R$ 3309 por pessoa

Os valores mencionados se referem à data de publicação da matéria e podem sofrer alterações de acordo com os critérios de cada loja. O Metrópoles não comercializa os produtos ou serviços citados.

Mais Vitrine M
Newsletter