4 mitos e verdades sobre saúde bucal infantil

Saiba como cuidar melhor dos dentes dos pequenos e quais são os produtos indicados

atualizado 04/10/2022 16:54

A infância é a fase mais importante para a prevenção de problemas bucais devido à transformação e formação permanente da arcada dentária, além da ocorrência de bons hábitos saudáveis que, quando bem transmitidos nesta fase, contribuem para a formação de adultos com maior consciência sobre os cuidados bucais necessários para uma melhor qualidade de vida.

Estabelecer hábitos saudáveis de higiene bucal ainda na infância pode prevenir diversas doenças. Isso porque, uma vez que a criança entende a importância dos cuidados com os dentes, ela realizará as rotinas de higienização com mais facilidade, evitando assim cáries, inflamações e demais problemas bucais.

Pensando na importância da saúde bucal para as crianças desde cedo, a cirurgiã-dentista e especialista em saúde oral, Bruna Conde, esclarece mitos e verdades sobre o tema:

Mitos

– Enquanto ainda não nasceu o primeiro dentinho, não precisa levar o bebê ao dentista.

Os cuidados devem começar antes mesmo do nascimento dos primeiros dentes. Assim, o dentista consegue acompanhar o desenvolvimento e garantir a saúde bucal do bebê. Além disso, o recém-nascido já cresce habituado com as consultas e não associa ir ao dentista com algo ruim.

“Depois da primeira consulta, o bebê deve ir ao dentista, em média, a cada seis meses, para que o dentista possa acompanhar o aparecimento dos dentes, prevenir as cáries, doenças da gengiva, má oclusões, alterações da função, etc.” esclarece Bruna.

– Crianças podem usar o mesmo creme dental dos adultos.

Cremes dentais destinados a adultos possuem em sua composição, níveis mais altos de flúor, que pode fazer mal a criança caso seja ingerido sem querer e pode também, causar fluorose (aquelas manchinhas esbranquiçadas). “Ainda mais se o creme dental for abrasivo, os que possuem agentes clareadores em sua composição. Esses produtos também se encontram com indicativo de idade”, ensina a cirurgiã Bruna.

Verdades

– Bebês precisam usar escova dental.

A higienização dos dentes deve começar desde o nascimento do primeiro dente. Inclusive, existem diversos modelos no mercado, cada modelo direcionado para diferentes fases dentárias da criança.

– Bebês também podem desenvolver cáries.

Desde o surgimento do primeiro dentinho, os pequenos estão, sim, sujeitos a desenvolverem cáries. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a cárie é a doença infecciosa mais comum na fase da infância.

Agora confira as sugestões do Metrópoles para a saúde bucal dos pequenos:

Massageador de gengiva com case, da Buba 

R$ 15,90EmpresaComprar

Escova de dentes para crianças entre 4 meses e 2 anos, da Bitufo

R$ 9,86EmpresaComprar

Escovas de dentes para crianças entre 2 – 5 anos, da Colgate

R$ 14,36EmpresaComprar

Escova dental elétrica, da Multilaser

R$ 63,10EmpresaComprar

Gel dental infantil sem flúor, da Colgate 

R$ 11,99EmpresaComprar

Pasta de dente infantil com flúor, da Oral B

8,99EmpresaComprar

Fio dental infantil com haste, Sabor Uva, da Crayola

R$ 21,84EmpresaComprar

 

Os valores mencionados se referem à data de publicação da matéria e podem sofrer alterações de acordo com os critérios de cada loja. O Metrópoles não comercializa os produtos ou serviços citados.

Mais Vitrine M
Newsletter