A ex-paquita Ana Paula Almeida, conhecida como Pituxita, afirma ter sido agredida pelo marido, José Roberto Barbosa, nesta terça-feira (16/04/19). De acordo com ela, o episódio ocorreu na casa do casal, localizada no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Conforme a revista Quem, Ana Paula descobriu uma traição.

À publicação, a ex-paquita informou ter constatado que era traída após vasculhar o celular do empresário, que seria frequentador de casas de prostituição. Temendo apanhar novamente (Ana Paula alega já ter sofrido nas mãos de Barbosa outras vezes ao longo do casamento), ela resolveu filmá-lo, mas o homem a empurrou no chão para apanhar o celular.

Ana Paula caiu e sofreu várias lesões nos braços e na boca. Ainda segundo a Quem, ela fugiu de casa em busca de socorro. A assessoria de imprensa da ex-paquita afirmou que ela registrou boletim de ocorrência na 42ª DP, no Recreio dos Bandeirantes.

Na tarde desta terça, a ex-dançarina da Xuxa se submeteu a exame de corpo de delito no Hospital Municipal Lourenço Jorge. Pelas redes sociais, declarou: “Quero levantar a bandeira da mulher, porque eu, infelizmente, não vivo aquele sonho de fadas que me pareceu”.

O outro lado
José Roberto Barbosa negou qualquer violência contra a mulher em depoimento à Quem. “Sou um sujeito homem, trabalhador. E essa pessoa é totalmente descontrolada, destemperada. Vou entrar com um processo de calúnia e difamação contra ela. Agora ela se cortar, se mutilar, eu não vi… Saí correndo para evitar qualquer tipo de problema. Da última vez ela falou que eu a ameaçava de morte. Voltei para ela porque amo o meu filho e tenho pena de ele viver com uma pessoa como ela. A Justiça que vai ter que decidir. Aguardo ansiosamente a polícia apurar os fatos”, disse.

Transtorno bipolar
A assessoria de Ana Paula alega que ela já foi agredida pelo marido, há seis anos. Na época, Barbosa teria usado um pé de cabra para bater na esposa; em seguida, a expulsou de casa. O homem, conforme a ex-paquita, sofre de transtorno bipolar. Quando reataram o casamento, ela teria o aconselhado a procurar ajuda psiquiátrica.