Veja a mensagem emocionante de Meghan e Harry sobre o Afeganistão

Em um comunicado oficial, casal se pronunciou sobre a tragédia

atualizado 18/08/2021 12:10

Príncipe Harry e Meghan MarkleRosa Woods - Pool/Getty Images

Meghan Markle e príncipe Harry se pronunciaram sobre a situação enfrentada pelo Afeganistão, tomado pelo grupo extremista Talibã desde o último domingo (15/8). O casal avaliou o atual período como “excepcionalmente frágil”. Os duques de Sussex afirmaram que ficaram “sem palavras” ao verem o que está acontecendo no país asiático.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

O texto foi publicado nessa terça-feira (17/6), no site da Fundação Archewell, comandada pelo casal. Na mensagem, o casal também fala sobre os terremotos no Haiti e sobre a pandemia causada pela Covid-19.

“Quando qualquer pessoa ou comunidade sofre, um pedaço de cada um de nós sofre com ela, quer percebamos ou não. E embora não devamos viver em um estado de sofrimento, nós, como povo, estamos sendo condicionados a aceitá-lo. É fácil nos sentirmos impotentes, mas podemos colocar nossos valores em ação – juntos”, escreveram.

Manifestação anterior

O príncipe Harry já havia se pronunciado sobre o tema na última segunda-feira (16/8), quando encorajou que militares veteranos se apoiassem e buscassem ajuda, enquanto o Talibã invadia o Afeganistão.

“Muitas das nações participantes e competidores da família Invictus Games são unidos por uma experiência compartilhada de servir no Afeganistão nas últimas duas décadas e, por vários anos, competimos ao lado da Invictus Games Team Afeganistão”, disse a mensagem publicada pela Invictus Games Foundation no Twitter. “Nós encorajamos todos na rede Invictus – e a comunidade militar em geral – a se comunicarem e oferecerem apoio mútuo”, concluiu o tuíte.

O Jogos Invictus foi criado em 2014 pelo duque de Sussex, na intenção de “aproveitar o poder do esporte para inspirar a recuperação, apoiar a reabilitação e gerar uma compreensão e respeito mais amplos para aqueles que servem seu país”. O príncipe Harry serviu ao exército britânico por 10 anos e foi enviado ao Afeganistão duas vezes.

Confira, na íntegra, o comunicado do casal:

“O mundo está excepcionalmente frágil agora. Como todos nós sentimos muitas camadas de dor devido à situação no Afeganistão, ficamos sem palavras. Enquanto todos nós observamos o crescimento humanitário desastre no Haiti, e a ameaça de agravamento após o terremoto do último fim de semana, ficamos com o coração partido. E como todos nós testemunhamos a crise de saúde global contínua, exacerbada por novas variantes e desinformação constante, ficamos com medo.

Quando qualquer pessoa ou comunidade sofre, um pedaço de cada um de nós sofre com ela, quer percebamos ou não. E embora não devamos viver em um estado de sofrimento, nós, como povo, estamos sendo condicionados a aceitá-lo. É fácil nos sentirmos impotentes, mas podemos colocar nossos valores em ação – juntos.

Para começar, encorajamos você a se juntar a nós no apoio a uma série de organizações que realizam um trabalho crítico . Nós também exortar aqueles em posições de influência global para avançar rapidamente os humanitárias diálogos que são esperados para ocorrer neste outono em reuniões multilaterais, como a Assembleia Geral da ONU e Cúpula dos Líderes do G20.

Como uma comunidade internacional, são as decisões que tomamos agora – para aliviar o sofrimento entre aqueles que conhecemos e aqueles que talvez nunca encontraremos – que irão provar nossa humanidade.”

Quer ficar por dentro das novidades de astrologia, moda, beleza, bem-estar e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesastrologia

Mais lidas
Últimas notícias