Novo normal? Rede de hotéis pede que hóspedes arrumem a própria cama

Diversas de opções de hotelaria estão cortando alguns "mimos" aos hóspedes em função da pandemia, e a tendência pode vir para ficar

atualizado 14/07/2021 10:48

camareira arrumando a cama em hotel de máscaraGetty Images

A pandemia de Covid-19 alterou completamente a nossa rotina e a forma de viajar. Nos últimos meses, o turismo ficou mais complexo, principalmente para as viagens internacionais.

Companhias aéreas, hotéis e operadores turísticos adotaram diversas medidas para garantir a segurança e a saúde do viajante. Algumas delas serão temporárias. Já outras devem ser mantidas e poderão transformar a nossa rotina. Que tal arrumar a cama do seu quarto de hotel? Esta é uma das novidades que podem ficar para sempre.

Durante a pandemia, os hotéis tentaram atender o mercado ficando mais seguros para evitar a contaminação dos hóspedes. O check-in e check-out se tornaram mais digitais, a limpeza foi reforçada, espaços foram readequados… Outra medida adotada foi a limitação do serviço de limpeza de quarto para evitar o contato da camareira com os hóspedes.

Aliada à queda na demanda por hospedagens, a iniciativa recente provocou uma mudança de paradigma no setor hoteleiro. Diversos hotéis cortaram o serviço, despediram funcionários da limpeza e/ou terceirizaram a tarefa. Percebendo que é possível ficar sem o serviço diário, muitos estabelecimentos planejam manter essa decisão de maneira permanente.

Um deles é a rede Hilton, que cortou o serviço diário de limpeza dos quartos na maioria de seus hotéis. Na Europa, África, Oriente Médio e até nos Estados Unidos, o serviço só será realizado a pedido do hóspede, ou após o quinto dia de hospedagem.

Continue lendo no site Melhores Destinos, parceiro do Metrópoles. 

Últimas notícias