Meghan deixou Harry envergonhado e realeza furiosa com anúncio de gravidez

Comunicado feito às vesperas do casamento da princesa Eugene teria contribuído para minar relação da duquesa com a família real

Meghan MarkleSamir Hussein/WireImage/via Getty Images

atualizado 30/06/2020 12:58

A tumultuada relação de Meghan Markle com a família real acaba de ganhar novos episódios com o lançamento do livro Royals At War (ou membros da realeza em guerra, na tradução para o português), no Reino Unido, nesta terça-feira (30/06).

Entre as revelações trazidas pela obra, está o descontentamento da família real diante do anúncio da gravidez da duquesa de Sussex, em 2018.

Os autores,  Dylan Howard e Andy Tillett,  dupla de pesquisadores especialista em assuntos ligados à realeza, lembram que Meghan fez o comunicado oficial da gravidez de Archie às vésperas do casamento de sua cunhada, princesa Eugenie, com Jack Brooksbank.

Segundo os autores, a família classificou o gesto como uma tentativa da duquesa de Sussex de chamar atenção.  Harry, acostumado com os protocolos reais, teria ficado desapontado com a esposa.

0

“Foi uma grande gafe social, mesmo que você não seja da realeza, pois a ação acabou roubando os holofotes de Eugenie, que ficou furiosa, assim como sua mãe, Sarah Ferguson”, diz um trecho do livro.

O comunicado oficial, feito em 15 de outubro de 2018, movimentou as redes sociais. Na época, o casal receberam várias críticas pela atitude de Meghan. “Ela não podia deixar Eugenie ser o centro das atenções por muito tempo, poderia?”, provoca um comentário feito no Twitter e reproduzido pelos autores.

O livro lançado nesta terça-feira (30/06) já está disponível para venda no site da Amazon. Clique para comprar:

Últimas notícias