Descubra os riscos e benefícios de andar de bicicleta durante a gravidez

O blog Mil Dicas de Mãe listou os prós e contras de pedalar durante os nove meses de gestação

atualizado 16/10/2020 18:39

bicicletaPexels/Reprodução

Praticar exercício físico durante a gravidez permite que a mulher mantenha-se ativa e não ganhe peso exageradamente. A gestante pode realizar qualquer prática, desde que tenha atenção aos riscos e benefícios, como é o caso de andar de bicicleta. Além, é claro, de pedir antes autorização do médico ou médica que faz o seu acompanhamento.

Pedalar não é muito cansativo e estimula a circulação sanguínea por todo o corpo. As áreas mais beneficiadas são o sistema cardiovascular, articulações, tendões e ligamentos. O exercício ao ar livre também é bom para a psique e pode até mesmo aliviar o humor depressivo.

No entanto, as rotas e recordes atingidos antes da gravidez, provavelmente, não serão mais possíveis durante a gestação. O corpo da mulher se sobrecarrega mais fácil, causando mais fadiga e dores musculares. Além disso, ao pedalar, há risco de queda ou colisão, prejudiciais à mãe e ao feto.

Saiba mais sobre o assunto no blog Mil Dicas de Mãe.

Últimas notícias