Cabeça do bebê pode amassar ao dormir. Saiba como evitar problema

O blog Mil Dicas de Mãe dá algumas dicas para ajudar a detectar e tratar a assimetria craniana

Ivette IvensIvette Ivens

atualizado 08/12/2019 18:14

Você já ouviu dizer que é preciso tomar determinados cuidados com o recém-nascido para evitar problemas no crânio?   A “cabeça do bebê amassada” é real, e precisa de bastante atenção. É chamada de assimetria craniana e pode ser desenvolvida pela criança ainda no útero.

Há quem diga que, para evitar que isso aconteça, o pequeno deve dormir em posições variadas. O blog Mil Dicas de Mãe dá algumas dicas para ajudar a detectar e tratar a assimetria craniana.

Confira:

Durante a gravidez, caso haja algum fator que limite o espaço dentro da barriga para a cabeça do bebê crescer livremente, o resultado pode ser a assimetria craniana (cabeça do bebê amassada). É o que ocorre, por exemplo, quando há pouco líquido amniótico para o feto ou se acontece encaixe precoce na pelve da mãe.

Depois do nascimento, a assimetria craniana pode ser desenvolvida quando as placas móveis que formam o crânio não se movimentam.

Para garantir esses movimentos necessários, é preciso mudar a posição do recém-nascido constantemente. Do contrário, a região que ficar apoiada na hora de dormir, por exemplo, ficará plana.

Leia mais no blog Mil Dicas de Mãe

Últimas notícias