Expert elenca oito itens de decoração que não vale a pena investir

A designer de interiores Cathy Hobbs critica o uso de móveis coloridos e plantas artificiais, por exemplo

atualizado 17/06/2022 15:23

Getty Images

Quando o assunto é decoração, arquitetos e designers se juntam para ditar tendências e revelar peças que prometem dar aquele up no décor. Pensando nas melhores dicas, a especialista na área predileta dos famosos e celebridades do cinema Cathy Hobbs separou oito estilos e peças decorativas que ela jamais teria em casa.

Confira!

Flores secas e artificiais

A primeira da lista de Cathy são as flores secas e artificiais. O ornamento, que costuma ter um preço mais acessível em comparação com as verdadeiras, estão vetados na casa da designer.

“Elas geralmente parecem datadas e antiquadas em um esquema de decoração moderno”, disse ela ao site Insider. Para substituir o uso, a expert indica folhas de palmeira, gramíneas ou suculentas artificiais.

Cathy indica dar preferência às flores de verdade

Pôsteres emoldurados

“Ao incorporar obras de arte em sua casa, não basta emoldurar pôsteres baratos. “Opte por um enfeite de parede de baixo custo ou uma fotografia emoldurada se não puder pagar uma obra de arte em tela”, sugere.

As fotografias usadas como quadro, inclusive, são uma tendência no décor. Confira algumas dicas que do Metrópoles para substituir os quadros por retratos sem perder a bossa.

Acrílico ou plástico

Peças decorativas feitas de plástico ou acrílico também não entram na casa de Cathy. De acordo com ela “esses materiais racham com frequência”.  Ela recomenda procurar uma alternativa durável, feito com material adequado para uso interno e externo.

Paredes cheias de pequenas decorações

Embora seja uma das tendências mais procuradas atualmente, a profissional não gosta do resultado de reunir pequenas decorações em uma única parede. “Em vez de uma parede com molduras e espelhos de vários tamanhos, prefira peças grandes e ousadas para ancorar melhor o seu espaço”, recomenda.

Decoração - quadro
A especialista indica dar preferência para decorações grandes na parede

Adornos pequenos

Não apenas nas paredes, mas o uso de pequenas peças decorativas também não são as preferidas de Cathy. De acordo com ela, esse tipo de objeto causa uma “confusão visual” no ambiente. “Escolha peças maiores que ajudam a fundamentar seu espaço sem ser uma distração visual”, indica.

Estantes superlotadas

Ainda que ótimas para organização, a disigner orienta deixar algumas prateleiras vazias nas estantes para darem um ar minimalista e organizado ao ambiente onde ela está disposta.

Decoração - estante
Cathy é favor de poucos ornamentos na estante para dar um ar minimalista

Uso excessivo de carpete

De acordo com ela, quando o carpete é utilizado na maioria das ambientes de uma casa, ele causa a sensação de “antiguidade”. Ela recomenda utilizar outros materiais para os pisos, como madeira e porcelanato.

Móveis coloridos e muito modernos

Se sua intenção não é trocar de móveis a cada ano, procure por peças atemporais que sempre parecem estar na moda. “Cinza e creme são ótimas cores e fundamentais ao selecionar peças primárias, como sofás”, orienta.

Quer ficar por dentro das novidades de astrologia, moda, beleza, bem-estar e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesastrologia

Mais lidas
Últimas notícias