*

Deberth Araújo e Guilherme Gatto são os pais do pequeno William. Eles adotaram o bebê e realizaram o sonho de formar uma família. Deberth compartilhou em seu perfil do Facebook uma carta para o filho, na qual fala sobre amor e preconceito.

A publicação teve mais de 90 mil curtidas e milhares de compartilhamentos. O pai dá lições de vida para o filho:

“Foram 3 meses de guarda provisória, noites mal dormidas, preocupações, remédios, mas sua melhora e o fim das internações nos deram certeza que o amor cura e hoje estamos comemorando sua guarda definitiva. Você foi nossa melhor escolha. Mas é você quem nos escolhe a cada noite quando só dorme se segurar nossa mão, ou quando nos acorda para cantarmos pra você, ou quando corre para nosso colo quando tem medo. E a gente precisa corresponder protegendo-o, pois um dia a vida vai se abrir selvagem, e vai ver que o mundo não é um lugar bonito como deveria.

Há talvez mais pessoas que vão apontar do que estender a mão, mas faremos o possível para você não ver esse lado da vida até que tenha idade pra entendê-la e ver que pessoas, muitas vezes, colocam suas convenções acima de caráter e amor porque são limitadas. Você deve perdoá-las, mas jamais se anular baseado no que uma sociedade cheia de contradições diz que é aceitável. Acima de tudo, sempre se respeite como você é, pois, de fato, a pior violência é a que cometemos contra nós mesmos.”

 

Leia a carta na íntegra:



COMENTE

 
lgbthomossexualidade