*

Mais um escândalo sexual abala as estruturas de Hollywood. Desta vez, a nova acusação parece mais um filme de terror. De acordo com o Daily Mail, Allison Mack, 35 anos, foi apontada como uma das líderes de um culto sexual, investigado por extorquir, espancar e tatuar seus integrantes. Ela ficou conhecida por interpretar a amiga de Clark Kent, Chloe Sullivan, na série “Smallville”.

Segundo as acusações, Allison era responsável por recrutar jovens garotas para participarem do culto, que também funcionaria com esquema de pirâmide. Quem não conseguisse recrutar novos membros, era espancado e tatuado.

A história foi publicada no tabloide britânico The Sun juntamente com uma entrevista com Frank Parlato, ex-membro e antigo porta-voz do grupo que, após ser expulso, resolveu revelar os segredos do culto sinistro. O nome de Allison não foi revelado pelo jornal, mas o Daily Mail garante ser ela a mulher citada na matéria.

A seita se chama DOS, derivada do grupo de autoajuda “NXIVM”, e é formada com uma hierarquia de mestre e escravo. Allison supostamente seria a líder de um grupo de “escravas” para poderosos executivos de Hollywood. Ela também seria responsável por sugerir punições físicas a quem não cumprisse ordens.

As mulheres eram punidas com um símbolo que, supostamente, inclui as iniciais de Allison Mack e de Keith Raniere, apontado como fundador do grupo.

O representante de Allison Mack afirmou que ela não dará entrevistas à imprensa e se recusou a falar sobre as acusações.



COMENTE

 
culto sexualescravos sexuaissmallville