*

A organização de um casamento não é fácil. Cada parte da cerimônia e da festa é pensada nos mínimos detalhes. Na tentativa de conseguir realizar o sonho perfeito, os noivos passam por muito estresse, nervosismo e correria.

Quando tudo finalmente dá certo, é chegada a hora de relaxar. A tão esperada lua de mel é uma das viagens mais especiais na nova vida dos pombinhos. Assistir ao pôr do sol em Cancún, trocar beijos apaixonados aos pés da Torre Eiffel ou até mesmo aproveitar o aconchego de uma lareira em Gramado estão entre as opções favoritas de casais brasileiros.

O site iCasei fez um levantamento com 61 mil casamentos realizados em 2017 e elaborou uma lista dos 10 destinos mais procurados pelos brasileiros para passar a lua de mel. Os queridinhos dos noivos são Europa e Caribe.

Em primeiro lugar, está o destino ideal para quem curte sol, praia e muita diversão: Cancún, no México. Pode parecer clichê, mas, em segundo no ranking, vem Paris, na França. A Cidade Luz cativa os casais mais românticos com sua atmosfera repleta de paisagens urbanas, museus de arte e alta gastronomia. Com perfil parecido, Roma, na Itália, aparece na terceira posição. Como reza a tradição, para garantir um casamento próspero, é sempre bom passar pela Fontana di Trevi, fazer um desejo e jogar uma moeda.

Em quarto lugar, está mais um paraíso caribenho, cheio de belezas naturais e com uma paisagem de tirar o fôlego: Punta Cana, na República Dominicana. Em alta entre os turistas, a Tailândia aparece na quinta posição.

Os dois destinos brasileiros apareceram em sexto e sétimo lugar: Gramado (RS) e Natal (RN), respectivamente. A escolha só depende das preferências do casal: frio e chocolate quente ou calor e água de coco?

Em oitavo lugar, Portugal ganha o coração dos brasileiros pela proximidade, gastronomia e religiosidade. Já a Grécia, na nona colocação, é um destino romântico por natureza. Os casais aventureiros podem se identificar mais com o décimo da lista, o Chile. O país oferece muitas opções: observação espacial no deserto mais árido do mundo, geleiras milenares nas áreas mais meridionais do planeta, lagos localizados aos pés de vulcões imponentes e, claro, tradição em vinhos.