Saiba por que o outono pode intensificar a queda capilar

Especialista explica como a estação afeta a saúde dos fios

atualizado 13/05/2021 13:40

mulher segurando tufos de cabeloSchutterstock

Com dias mais frescos e menos ensolarados, o outono é amado por uns e odiado por outros. É nessa estação que também ocorre a diminuição da umidade relativa do ar e o aumento dos nevoeiros. Dados comprovam, ainda, que o outono traz consigo uma maior incidência de queda dos cabelos, além de fios mais secos e sem brilho.

A bioquímica e cosmetologista Heloisa Olivan explica que estudos sugerem que a queda capilar no outono se deve a um mecanismo de proteção do corpo contra a radiação, favorecendo um número maior de cabelos em fase de crescimento durante os meses mais quentes. Com o fim do verão, portanto, esse mecanismo é reduzido, levando os fios à queda.

“No outono, a queda capilar pode ser 10% maior, mas é uma fase passageira, com rápida reposição do que se perdeu”, tranquiliza a expert. Olivan ainda afirma que, se o cenário for esse, não há razão para se preocupar. “Essa queda sazonal geralmente é difusa, ou seja, afeta todo o couro cabeludo, ao invés de áreas específicas”, comenta, descartando a possibilidade de falhas pontuais e indesejadas na cabeça.

Leia mais no site Alto Astral, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias