Enólogas brasileiras criam espumante enriquecido com colágeno

Bom demais para ser verdade? Confira opinião de especialista sobre essa novidade

atualizado 06/05/2021 18:36

Getty Images

Para o delírio das amantes de bebidas alcóolicas e skincare, as enólogas brasileiras Regina Vanderlinde e Patricia Possamai acabam de lançar um espumante enriquecido com colágeno. Não, você não leu errado! A obra-prima foi desenvolvida pela dupla no Rio Grande do Sul e recebeu o nome de Bella Collagen Sparkling Pink.

A ideia da bebida surgiu na Universidade de Caxias do Sul. Regina era professora e Patricia, aluna de mestrado. A vontade de criar um produto inovador e com forte apelo comercial foi o que uniu as duas.

O sucesso do proposta foi constatado logo na comercialização dos primeiros produtos, esgotados em apenas três dias. “Além do colágeno, que oferece benefícios para o organismo, a nossa bebida é delicada e não requer harmonização específica”, conta Regina, doutora em Enologia pela Universidade de Bordeaux, na França, e sócia da Bella Wines, marca responsável pelo rótulo.

0

Com 10,5% de álcool, a bebida feita a partir do blend das uvas pinot noir, chardonnay, merlot e riesling itálico traz toques frutados em definição brut e contém 2,5 gramas de peptídeos de colágeno hidrolisado Verisol, variedade indicada por especialistas para suplementação oral em razão do potencial de absorção. A garrafa de 750 ml é vendida a R$ 80.

Segundo o dermatologista Alberto Cordeiro, o espumante enriquecido é melhor em relação a outros disponíveis no mercado, mas não traz muito resultados, uma vez que a sua ingestão deve ser moderada para uma dieta saudável. “Quando associada a outros tratamentos, em casa ou no consultório, a reposição proporcionada pela bebida torna-se mais efetiva”, revela o médico, em entrevista ao Universa, do Uol.

Últimas notícias