Conheça e desmistifique o Foreo, o novo item usado na limpeza de pele

O acessório virou febre entre celebridades e influenciadoras, mas afinal, será que ele funciona mesmo?

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 03/05/2019 20:42

Se você acompanha de perto as tendências de beleza, então já deve ter visto na internet alguma blogueira ou celebridade usando um pequeno objeto oval e elétrico para limpar o rosto. O acessório se chama Foreo e caiu nas graças de nomes como Vic Ceridono, Yasmin Brunet, Hugo Gloss, Thais Fersoza e Luísa Sonza.

Na internet é possível encontrar vários vídeos elogiando o objeto de silicone e falando dos resultados. Mas será que ele funciona mesmo? Vale a pena pagar entre R$ 179 e R$ 999 no produto? Qual o melhor jeito de usar? Quem tem pele sensível também pode se beneficiar?

Com essas perguntas em mente, o Metrópoles entrou em contato com a dermatologista Gabriela Capareli e a médica esteticista Giselle Mello para sanar algumas dúvidas e desmistificar o hype em torno do Foreo.

“O produto é uma escova de limpeza facial elétrica, com níveis de intensidade ajustáveis e tecnologia T-sonic, que envia pulsações para a pele, a estimulando e removendo impurezas”, explica Gabriela. A dermatologista reitera que o objeto pode ser usado em todos os tipos de pele, desde as mais sensíveis até as muito oleosas. “É importante ressaltar que os ambos os sexos podem usar o produto, sendo recomendável utilizar duas vezes ao dia”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por FOREO (@foreo) em

De acordo com a médica esteticista Giselle Mello, a melhor maneira de higienizar o produto é lavar com água e sabão e enxaguar com água fria. A especialista ainda destaca os benefícios e malefícios do acessório.

Uma das grandes vantagens é a praticidade, já que não pode ser usado mais do que 3 minutos na pele. Outro ponto positivo é o fato dele ser portátil e ter o modo antienvelhecimento, o que deixa a pele mais fina e elástica.

Já a desvantagem é a execução incorreta do Foreo, como a frequência exagerada e o compartilhamento com outras pessoas do produto. “Esses procedimentos inadequados podem trazer sujeiras indesejáveis a cútis facial”, conclui Giselle.

Confira na galeria os diversos tipos de Foreo: 

Últimas notícias