À la Samara Felippo: veja como cuidar dos seus fios grisalhos

A aposta do momento é realçar os atributos naturais e assumir de vez os fios brancos

atualizado 21/01/2021 17:21

Samara FelippoReprodução/Instagram

Enquanto muitos não veem a hora da rotina de ir aos salões de beleza em segurança voltar ao normal, há quem tenha se adaptado bem à distância dos espaços de beauté e feito as pazes com os fios naturais. No universo das celebs, Juliana Paes assumiu os cachos e a atriz Samara Felippo, que já tinha deixado a raiz crescer naturalmente na quarentena, investiu de vez no grisalho para colorir os fios.

A aposta do momento é realçar os belos atributos que fazem parte de quem você é e toda a pluralidade de estilos. Nessa onda, o assunto cabelos brancos está mais forte do que nunca. No Google Trends (ferramenta de aferição de pesquisas do Google), a busca pelo termo sextuplicou em 10 anos. Assumir as madeixas grisalhas já virou sinônimo de autenticidade. Tem muita gente por aí pronta para comprovar que a “trend gray” vem com tudo este ano.

De acordo com o hairstylist James Pryce, em entrevista à Glamour britânica, o segredo para aderir é apostar, além dos fios cinza naturais, também em tinturas de diferentes tonalidades da escala. O sinal de que a tendência vem para ficar é que o mercado de beleza está lançando diversas opções para proteger, realçar ou criar fios em todos os tons de cinza.

Para dar uma ajudinha a quem quer abraçar a tonalidade natural dos cabelos grisalhos ou testar um novo estilo, confira o que os especialistas recomendam quando o assunto é investir nas madeixas prateadas.

Fique atenta à tonalidade

Para ter certeza que a mudança vai dar match com os seus fios naturais, é importante considerar como a cor irá complementar o seu tom de pele. Também à Glamour, Sapphire Driver, gerente de marcas e colorista, explicou: “Todos nós temos nossas preferências sobre como os diferentes tons combinam, mas existe o risco de que o cinza possa desbotar a pele se não for equilibrado”.

“Pessoas com pele mais amarela ou com tons frios podem achar mais difícil de investir em certas tonalidades, enquanto alguém com mais tonalidades quentes ou rosadas pode achar que a mudança deu muito certo.”

Yasmina Rossi é um dos ícones dos cabelos naturais
Hidratação é tudo

Como bem explica a ciência, a melanina (que também é responsável pela cor) interfere na elasticidade e maciez do fio. Por isso, o cabelo branco tende a ser mais ressecado que os coloridos. Além disso, depois de qualquer tipo de tratamento de tingimento extremo é natural que os fios fiquem um pouco desgastados.

Para manter seu cabelo em perfeitas condições, a recomendação é investir em uma boa máscara capilar para tratar raízes e pontas com a nutrição necessária.

0
Proteja os fios do sol

Os raios solares não são prejudiciais somente à pele. Eles também podem comprometer a saúde dos fios e ainda potencializar o efeito amarelado do cabelo grisalho. Portanto, proteja as suas madeixas com cremes específicos e invista em chapéus ou bonés, que ainda podem servir como complemento do look e dar mais bossa à produção.

O tonalizante é seu melhor amigo

O destino do cinza perfeito está nas mãos do tonalizante. Depois que seu cabelo foi descolorido, é hora de tonificar para atingir a cor perfeita. Além disso, é muito importante manter a rotina para garantir que o seu cabelo permanecerá do jeitinho que você imaginou. O cabelo de cor prateada pode ficar com aspecto amarelado, se não receber a atenção que merece.

“Se você decidir ficar grisalho, saiba que provavelmente precisará tonificar o cabelo a cada duas ou três semanas para manter a cor”, contou a especialista.

Invista em um shampoo roxo

A boa notícia é que tonificar em casa é surpreendentemente fácil. Um shampoo e condicionador roxo podem ajudar a manter a tonalidade mais controlada. Mesmo se o cabelo não estiver totalmente grisalho, a dica é usar um produto desamarelador, também indicado para loiras, para evitar o efeito amarelo nos fios. No ciclo de cores, o roxo é o oposta ao amarelo e, por isso, neutraliza a pigmentação.

Últimas notícias