*

Ao contratar um estúdio de arquitetura para construir uma casa ou reformar um imóvel, o cliente acredita em uma ideia. Ele paga por um projeto difícil de entender e que pode demorar anos para ficar pronto. É preciso confiar nos profissionais contratados.

Uma nova tecnologia criada pelo Estúdio MRGB, dos arquitetos Hermes Romão, Rodolfo Marques e Igor Campos, promete ajudar as pessoas a enxergar melhor a planta e se deparar com menos surpresas. Eles produzem uma imagem em 3D, super-realista e muito parecida com uma fotografia.

Há cerca de 10 anos, a empresa aposta em modelos detalhados para dar mais segurança ao clientes e minimizar a possibilidade de erros. Com a evolução da tecnologia, as imagens foram ficando cada vez melhores.

Hoje, a equipe do escritório usa vários softwares diferentes para criar uma espécie de fotografia do futuro. Os profissionais podem até ir ao terreno para tirar uma foto e inserir digitalmente uma prévia de como ficará o projeto. Você diria que a imagem abaixo foi criada em um computador?

Estúdio MRGB/Divulgação

Os arquitetos contam que os clientes ficam emocionados com a representação de onde e como vão morar. Alguns imaginam até os filhos correndo pelo jardim, um churrasco de fim de semana em família ou uma reunião com os amigos.

“Eles conseguem entender como as obras deles vão se apresentar. Esse recurso se tornou indispensável para conseguir um bom resultado”, explica Igor. E, se não gostarem de algo ou preferirem trocar o revestimento, a equipe muda tudo. Pode inclusive criar móveis novos, e quem está receoso em fazer um investimento alto em uma poltrona, por exemplo, pode enxergar exatamente como ela ficaria na casa nova.

Durante o processo, Hermes faz o possível para garantir que o registro fique o mais próximo possível de uma fotografia real. “Todas as imagens são feitas com ângulos de câmeras existentes. Queremos garantir ao cliente uma percepção real do ambiente, ou seja, como ele realmente vai ser”, afirma.

A representação também é importante para o trabalho dos arquitetos. Eles conseguem prever exatamente as ideias e evitam qualquer surpresa na hora da execução. “Nós conseguimos consolidar, por meio da imagem, as nossas ideias, os riscos iniciais. Com o 3D, é possível ter a certeza de que estamos no caminho correto”, conta Igor.

Além dos registros, a empresa faz ainda maquetes e está começando a trabalhar com impressão 3D. Tudo para dar ao cliente um projeto palpável e garantir que a obra acompanhe as ideias discutidas. “Tentamos chegar o mais próximo possível do futuro antes que ele aconteça”, diz o arquiteto.

O trio lembra ainda que já inscreveu as “fotografias” em um concurso e recebeu uma chamada inusitada. A organização perguntou se os sócios não tinham se inscrito na categoria errada. “Não deveria ter sido na de projetos prontos?”, escutaram de um membro da comissão avaliadora. Embora a tecnologia esteja se popularizando, ainda são poucos os escritórios que apostam nas imagens.

Confira algumas reproduções de projetos executados pelo Estúdio MRGB:

Agora, dois antes e depois, para comparar as imagens com as fotografias reais do fim das obras:

Serviço
Estúdio MRGB
Endereço: SCLN 115 Bloco A, salas 204, 205 e 206, Asa Norte
Telefone: (61) 3202-8215/ (61) 3202-2215