Categorias: Spoilers

Por que “The Walking Dead” se tornou a maior decepção do ano

A série “The Walking Dead” (“TWD”) foi a grande decepção do ano, e os números confirmam isso. De acordo com o medidor Nielsen, a audiência da trama de terror zumbi despencou, tornando-se a sexta série mais assistida dos Estados Unidos – nos três anos anteriores, a série da Fox ocupava a terceira posição.

Além disso, o sétimo episódio da 8ª temporada, que foi ao ar no dia 12 de dezembro, é considerado o midseason finale (final de meio de temporada) menos assistido da série desde 2011 – momento em que “TWD” ainda se encontrava no segundo ano. Isso significa que boa parte público conquistado nos últimos seis anos simplesmente desistiu de acompanhar novos episódios.
Num ato que chateou muitos fãs, os produtores da série decidiram matar Carl (Chandler Riggs) e enfraquecer o papel de Rick Grimes (Andrew Lincoln) como líder, que não conseguiu impedir a destruição total de sua comunidade (Alexandria)more
Negan (Jeffrey Dean Morgan) segue invencível e implacável em seu desejo de ter poder sobre todosmore
Michonne (Danai Gurira), antes uma guerreira espadachim, perdeu muito de sua força após firmar relacionamento com Rickmore
Carol Peletier (Melissa McBride) e Daryl Dixon (Norman Reedus): dois personagens que também enfraqueceram ao longo da tramamore
Maggie Greene (Lauren Cohan) despontou como líder, sendo a única a conseguir manter uma comunidade (Hilltop) de pé depois dos ataques dos Salvadoresmore
Eugene Porter (Josh McDermitt) revelou ser um perigoso traidor ao usar a sua inteligência a favor de Neganmore
Ezekiel (Khary Payton), antes um rei, viu seu exército ser massacrado e sua comunidade (O Reino) ser tomada pelos Salvadoresmore
The Walking Dead (2010). Estreia em 07/04. Baseado na história em quadrinhos escrita por Robert Kirkman, este drama potente e visceral retrata a vida nos Estados Unidos pós-apocalíptico. Um grupo de sobreviventes, liderado pelo policial Rick Grimes, segue viajando em busca de uma nova moradia segura e distante dos mortos-vivosmore

Mas o que, afinal, aconteceu para que a série, até então uma das mais assistidas do mundo, sofresse esse baque? Infelizmente, a resposta não é curta. Uma série de erros e decisões mal tomadas pelos produtores ao longo das temporadas ajudam a explicam o desgaste de “TWD”.

O principal fato negativo: o seriado estagnou desde a 6ª temporada. A chegada de Negan (Jeffrey Dean Morgan) e os Salvadores significou o início de uma profusão de cenas cheias de violência gratuita – poucas delas envolvendo, de fato, zumbis – ao passo que cada um dos antigos personagens, que haviam conquistado o público, foram enfraquecendo aos poucos e perderam muito de sua personalidade.

Falta de líderes
Rick Grimes (Andrew Lincoln), antes o personagem mais viril da série, perdeu todo seu espírito de líder – sua fraqueza fica ainda mais latente quando é comparado à Madison Clark (Kim Dickens), a forte protagonista do spin-off “Fear The Walking Dead”. Fraco e desajeitado, suas ações parecem não surtir mais efeitos no andamento dos episódios, sendo apenas um joguete na mão de líderes de outros grupos presentes na trama.

midseason finale da 8ª temporada, que culminou na morte de seu filho Carl (Chandler Riggs), elevou essa sensação ao extremo. Rick não conseguiu impedir que praticamente toda sua família morresse, viu a comunidade de que cuidava desaparecer debaixo das chamas e deixou de ser confiável pela maioria de seus colegas de batalha. 

Rick não afundou sozinho. Michonne (Danai Gurira), antes uma espadachim de sangue frio, engatou relacionamento com o protagonista, deixou de liderar batalhas e se tornou incapaz de tomar qualquer decisão sozinha. Daryl Dixon (Norman Reedus) é outro que deixou de evoluir na trama, sem consolidar qualquer aproximação com outros personagens após a morte de Beth Greene (Emily Kinney) – o que ocorreu lá na 5ª temporada – e tampouco se tornou um poderoso lobo solitário.

Teaser do 9º episódio da 8ª temporada, que irá estrear no dia 11 de fevereiro:

Outro lado
Se houve melhorias na série, elas ocorreram na mão de dois personagens: Eugene Porter (Josh McDermitt) e Maggie Greene (Lauren Cohan). O primeiro se valeu do instinto de sobrevivência e da inteligência para trair o grupo de Rick e tornar o de Negan ainda mais perigoso. Já a segunda ganhou o apelido de viúva, tornou-se temida por todos e, mesmo grávida, se tornou uma grande líder – além de ser a única a conseguir manter de pé uma comunidade. 

Para superar o momento ruim, os produtores da série terão que humanizar Negan, tornando-o passível de erros, devolver a força aos antigos personagens – como Michonne e Daryl –, decidir de uma vez por todas o destino de Rick, que anda na margem da derrota e da liderança, e trazer de volta a questão dos zumbis para responder àquela pergunta-chave: o mundo acabou ou não?

A 8ª temporada de “TWD” voltará a ser exibida a partir do dia 11 de fevereiro de 2018. Ainda há chances de que a série volte a se reerguer. Afinal, há 14,8 milhões de espectadores fiéis só nos Estados Unidos. Seguimos na torcida.

Paulo Lannes

Últimas notícias

É fake: deputado desmente festa para comemorar fim do coronavírus

Mensagem atribui ao distrital Rodrigo Delmasso a produção de um evento para celebrar o fim da pandemia da Covid-19 no…

4 minutos passados

Congresso: Senado aprova orçamento impositivo para pandemia

O projeto foi alterado pelo relator após apelo do governo federal. Medidas servem para viabilizar ações de enfrentamento ao coronavírus

8 minutos passados

Túlio Gadêlha faz TBT com Fátima sobre a Copa de 1994

O deputado compartilhou uma foto sua criança, enquanto a jornalista já se dedicava à cobertura do Mundial

8 minutos passados

Bolsonaro: decreto para volta geral ao trabalho está pronto

Presidente falou ao jornalista Augusto Nunes na noite desta quinta (02/04) e voltou a defender volta dos brasileiros ao trabalho

13 minutos passados

Atriz Pérola Farias testa positivo para novo coronavírus

Pérola Farias, uma das estrelas de Gênesis, da Record, esteve no Marrocos e teve os sintomas da Covid-19

17 minutos passados

Mandetta diz que isolamento social voluntário está funcionando

Ministro da Saúde afirma que curva de casos confirmados está menos íngreme do que o esperado por conta das medidas…

19 minutos passados