Saiba por que a empresária Kim Kardashian não pode mais engravidar

A americana já viveu episódios de placenta acreta, condição que pode causar hemorragias e levar a mãe a óbito durante o parto

LARRY BUSACCA/GETTY IMAGES

atualizado 10/05/2019 18:55

Nesta sexta-feira (10/05/2019) Kim Kardashian anunciou a chegada de seu quarto filho, ainda sem nome. A gestação aconteceu por uma barriga de aluguel — a socialite e empresária americana tem um histórico de doenças durante a gestação e não pode mais engravidar.

Na primeira gestação, Kim foi diagnosticada com pré-eclampsia, um aumento da pressão arterial da mãe que pode afetar o bebê. Por isso, o parto foi induzido para cerca de seis semanas antes. Porém, apesar de o procedimento ter acontecido normalmente, a placenta não saiu como deveria. Ela ficou presa à musculatura intrauterina em uma condição chamada de placenta acreta.

“Na hora do parto, se o médico não tiver esse diagnóstico antes, pode ter alguns problemas ao tentar retirar a placenta. Não há sintomas e normalmente está associada a pacientes com cesáreas anteriores ou cuja localização da placenta fica muito próxima ao colo uterino”, explica Lucila Nagata, coordenadora de Gestação de Alto Risco do Hospital Santa Lúcia. No caso de Kim, ela conta em seu blog que o médico precisou retirar a placenta com as mãos, arrancando-a com as unhas.

A médica explica que há um risco de hemorragia muito grande ao realizar este tipo de procedimento, inclusive com a possibilidade de choque hemorrágico e até a morte da mãe. “O sangramento é praticamente impossível de conter pelo tamanho dos vasos”, afirma. A medicina ainda não sabe o porquê da placenta acreta, apenas que muitas cesáreas ou cicatrizes uterinas por miomectomias podem facilitar a condição.

A empresária teve que passar por duas cirurgias subsequentes para retirar os restos da placenta e remover as cicatrizes. Na segunda gravidez, ela teve placenta acreta novamente, desta vez um pouco mais severa. Em seu programa Keeping Up with the Kardashians, ela conta que acabou com um buraco no útero depois do parto e que não pode mais ter filhos de maneira natural.

A opção, então, é a barriga de aluguel. Kim e Kanye West, seu marido, já optaram pelo método antes, na gestação de Chicago. O novo bebê é um menino e o nome não foi divulgado.

0

Últimas notícias