Há 7 anos, homem tem crise cardíaca em todos os Halloweens

Britânico tem um problema sério no coração: medo de não conseguir atendimento médico durante as festas desencadeia crise

atualizado 17/01/2020 11:24

coração em fundo pretoAlexandru Acea/Unsplash

Depois de chegar no hospital com uma dor de garganta e descobrir que sofria, na verdade, de miocardite, uma inflamação grave do músculo cardíaco, o britânico Chris Bull, 25, voltou à emergência sete vezes, uma a cada ano, sempre na mesma data: no Halloween.

A causa da miocardite não é conhecida, mas o homem acredita que a ansiedade de sentir os mesmos sintomas que teve da primeira vez e estar sozinho nesta época sem alguém que possa socorrê-lo são responsáveis por desencadear a crise. A ansiedade, porém, não é uma causa conhecida da doença, que normalmente acontece em apenas um episódio e está ligada a um vírus, como o da gripe ou da herpes.

“Os médicos me disseram que este tipo de episódio só tem dois desfechos: ou o paciente morre, ou nunca mais acontece. Então, quando eu estava deitado na cama do hospital com os mesmos sintomas no ano seguinte, e no seguinte, fiquei aterrorizado”, afirma Chris. As chances de recorrência em miocardite são de 10 a 15%.

O homem conta que já teve uma crise de pânico por medo de sofrer novamente com as dores ou de ter um ataque cardíaco. Segundo o britânico, o coração está saudável e, das últimas vezes, o tratamento constituiu apenas em lidar com os sintomas.

Os médicos não conseguem explicar a recorrência da crise, mas atentam para a forma como Chris descobriu que estava doente: muitas vezes, problemas cardíacos acabam sendo descartados como viroses ou gripe. Em caso de dor no peito e dificuldade de respiração, a indicação é procurar um médico.

Últimas notícias