metropoles.com

Mulher engravida de gêmeas enquanto já estava gestando bebê. Entenda

A americana Deonna Fletcher ficou grávida de gêmeas quando já estava há uma semana gestando uma outra menina. Caso é extremamente raro

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/deeandtplusthree
Foto mostra a família da americana Deonna Fletcher, que sofreu supergestação, ficando grávida quando já estava gestante
1 de 1 Foto mostra a família da americana Deonna Fletcher, que sofreu supergestação, ficando grávida quando já estava gestante - Foto: Reprodução/deeandtplusthree

A esteticista Deonna Fletcher viveu uma gestação tão rara que não há registros na medicina que permitam saber se a situação já aconteceu na história. A mulher gestava um bebê há seis dias quando ficou grávida novamente — desta vez, de gêmeos. A americana deu à luz três nenéns ao mesmo tempo.

Além das trigêmeas Amber, Amani e Dream, a esteticista também tem mais um filho, AJ, de 11 meses. O caso aconteceu em 2020.

“Acho que uma ou duas semanas depois de descobrir a gravidez, eu estava no trabalho e senti muitas dores. Achei que estava tendo um aborto espontâneo, então fui ao pronto-socorro para fazer outro ultrassom e foi então que descobriram mais dois bebês”, conta, em depoimento à revista Insider.

Deonna viveu um fenômeno chamado de superfetação, quando duas gestações acontecem ao mesmo tempo. O quadro é ainda mais raro pois o segundo embrião se dividiu e gerou gêmeas idênticas.

O que explica a condição?

O caso só foi possível por conta de uma condição natural de Deonna que a faz ovular várias vezes no mesmo mês. Na maioria das mulheres, apenas um óvulo é disponibilizado por menstruação.

0

A ovulação extra, porém, não é incomum para Deonna. “Normalmente, menstruo duas a três vezes por mês. Já estava habituada. Depois que descobri a primeira gestação, menstruei novamente. É algo que ocorre comigo e, por isso, posso voltar a ter outra superfetação no futuro”, diz ela.

Segundo a ginecologista e obstetra Carina Soler, de Guarulhos (SP), há apenas 10 casos de superfetação relatados em revistas de medicina prestigiosas, e nenhum deles inclui trigêmeos. Porém, é provável que existam muitos outros casos.

“A ovulação durante a gravidez é um evento acidental e extremamente raro. Caso a ovulação extra resulte em um segundo embrião, a gestação segue seu curso natural como qualquer outra gravidez de gêmeos, mas deverá ter um planejamento extra no momento do parto”, aconselha a médica.

As três bebês nasceram em 18 de janeiro de 2021, quando a primeira completou 32 semanas de gestação e as outras duas, 31. O parto foi feito por cesariana.

Siga a editoria de Saúde no Instagram e fique por dentro de tudo sobre o assunto!

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações