Fiocruz se atrasa e 4,7 milhões de vacinas só serão entregues na sexta

Instituto pretende disponibilizar, ao todo, 18,8 milhões de doses do imunizante de Oxford/AstraZeneca até o final do mês de abril

atualizado 21/04/2021 14:30

VACINA covishield astrazenecaGustavo Moreno/Especial para o Metrópoles

A Fiocruz anunciou que a entrega de mais 4,7 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19 prevista para esta quarta-feira (21/4) vai atrasar, e só será feita na sexta-feira (23/4). Inicialmente, parte da remessa seria entregue durante o feriado e o restante, no final da semana, mas o lote será transportado de uma vez só. A mudança foi acordada com o Plano Nacional de Imunização.

Desde o início de abril, o Instituto entregou 3,5 milhões de doses do imunizante ao Ministério da Saúde. O acordo da Fiocruz com o governo federal prevê que, até o fim do mês, devem ser disponibilizadas 18,8 milhões de doses. No total, até o momento, foram entregues 10,8 milhões de doses.

O contrato prevê 104,4 milhões de doses até o final do primeiro semestre e mais 110 milhões no restante do ano. O instituto é capaz de produzir 900 mil doses por dia, e acredita ser possível cumprir as datas de entrega, já que há IFA suficiente para manter a produção até o meio de maio, quando deve chegar mais uma remessa.

Também no próximo mês, a Fiocruz deve implementar mais um turno para chegar à capacidade de 1,2 milhão de doses fabricadas por dia.

Saiba como as vacinas contra Covid-19 atuam:

0

Últimas notícias