Covid-19: laboratório brasileiro lança teste mais barato e em larga escala

Novo exame molecular identifica presença do vírus na saliva e a coleta é feita pelo próprio paciente

atualizado 11/06/2020 17:49

Divulgação

Diante da necessidade de testagem em larga escala para conter o avanço do novo coronavírus no Brasil, o laboratório brasileiro Mendelics, em parceria com o Hospital Sírio-Libanês, desenvolveu um exame molecular mais acessível — custo médio de R$ 95,00 — e em larga escala.

Batizado de #PARECOVID, o novo procedimento utiliza a metodologia RT-LAMP, feita através da coleta de saliva do paciente e tem capacidade de testagem diária de 110 mil amostras, sem depender de reagentes já escassos no mercado mundial. O método, segundo o laboratório, leva apenas uma hora e possui sensibilidade comparável aos já disponíveis.

“O novo teste alivia a demanda reprimida e viabiliza a testagem em larga escala e sistemática no Brasil”, disse Laércio Cosentino, presidente do conselho da Mendelics.

A proposta do exame, que terá protocolo publicado em breve, é que o próprio paciente realize a coleta de amostras de saliva em um tubo estéril, contornando alguns problemas como a falta de kits de coleta nasofaríngea e o alto risco de infecção para os profissionais da saúde.

Até o momento, a realização do teste está disponível para alguns parceiros do laboratório. Amostras podem ser coletadas de todo o Brasil, e o processamento, por enquanto, será feito exclusivamente em São Paulo.

Últimas notícias