Vacina indiana contra Covid-19 será testada em crianças a partir de 2 anos

Presidente do Bharat Biotech, responsável pelo imunizante, afirma que empresa aguarda apenas autorização do governo indiano

atualizado 05/01/2021 12:05

covid vacina coronavírus sars cov 2Daniel Schludi/Unsplash

Aprovada para uso emergencial pelo governo da Índia, a vacina contra a Covid-19 Covaxin deve ser testada em crianças a partir de dois anos e adolescentes, segundo Krishna Ella, presidente da Bharat Biotech. A farmacêutica é responsável pelo desenvolvimento do imunizante.

Segundo Ella, o pedido para começar o estudo já foi feito ao governo indiano e aguarda aprovação. A vacina está em fase 3 de testes no país e, apesar de não ter publicado resultados de eficácia até o momento, já possui autorização para ser aplicada na população.

A Covaxin é feita a partir de um vírus inativado em laboratório. Sem capacidade para provocar a doença, ele serve como exemplo para que o organismo crie defesas e esteja preparado para lutar contra o invasor caso haja uma infecção no futuro.

O mecanismo é semelhante ao da vacina contra a poliomielite, que é aplicada em recém-nascidos há anos e não apresenta problemas. Para o presidente da farmacêutica, o imunizante que usa vírus inativado é “uma plataforma comprovada e segura para uso em crianças”.

0

Últimas notícias