Coronavírus: Itamaraty confirma caso de brasileiros nas Filipinas

Até o momento, 12 países registraram infecções por coronavírus. A China concentra o maior número: são ao menos 2.051 casos e 56 mortes

Kevin Frayer/Getty ImagesKevin Frayer/Getty Images

atualizado 26/01/2020 17:34

O Ministério das Relações Exteriores confirmou ao Metrópoles, neste domingo (26/01/2020), o caso de uma família brasileira isolada por suspeita de infecção por coronavírus nas Filipinas.

Segundo o Itamaraty, a embaixada brasileira em Manila tenta contato direto com os brasileiros, um casal e uma criança de 10 anos. Eles fizeram uma viagem recente a Wuhan, na China, onde o vírus foi inicialmente detectado.

De acordo com a nota do ministério, o diagnóstico, porém, ainda não foi confirmado.

De acordo com informações de um jornal local das Filipinas ABS-CBN, o filho do casal estaria com febre e dificuldades para respirar. O pai estaria com garganta inflamada. Eles estão isolados em um hospital na cidade da província de Palawan, Puerto Princesa.

Sobre o vírus
Coronavírus é uma família conhecida, desde os anos 1960, de vírus que causam doenças respiratórias – de gripe comum à Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars) e Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers). O nome faz referência à forma do vírus, que é redondo e parece ser cercado por uma coroa.

No sábado (25/01/2020), a doença foi registrada na Malásia e na Austrália, elevando a lista de países afetados pelo coronavírus. Com isso, já são quatro os continentes afetados pela infecção.

Neste domingo, os Estados Unidos confirmaram o quarto caso da doença no país. Também no sábado, o Canadá registrou o primeiro caso na país. Até o momento, 12 países registraram infecções por coronavírus.

Também há casos na França, Nepal, na Tailândia, no Vietnã, na Arábia Saudita, na Coreia do Sul e no Japão.

A China concentra o maior número de infecções, são mais de 2.051 casos no país asiático e 56 mortes confirmadas.

Leia a íntegra da nota do Itamaraty:

“Nossa embaixada em Manila confirmou o caso, noticiado pela imprensa local. Segundo as informações, seriam um casal e uma criança de dez anos com histórico de viagem recente à região foco na China. O diagnóstico ainda não foi confirmado. A família estaria num hospital de Palawan, a cerca de 800km da capital, Manila. Essas são as informações disponíveis no momento.”

Últimas notícias