Afinal, é seguro usar chá de sene para emagrecer?

Planta é um eficiente laxante e provoca perda de peso em pessoas que têm intestino preso. No entanto, não deve ser usada indiscriminadamente

atualizado 19/10/2021 16:30

chásUnsplash

O chá de sene é bastante utilizado por pessoas que querem emagrecer rápido. No entanto, esta planta não deve ser usada com esta finalidade, especialmente, se o paciente não estiver sendo acompanhado por um nutricionista ou médico.

Para emagrecer, o mais importante é seguir uma dieta equilibrada e orientada por um nutricionista, assim como fazer exercícios físicos regularmente. O uso de suplementos pode ser indicado, mas deve ser orientado por um profissional de saúde especialista na área.

Por que o sene é conhecido para emagrecer?

Embora não tenha seu efeito comprovado cientificamente, o uso deste chá se popularizou por meio de relatos garantindo que os efeitos aparecem em menos de 24 horas. Na verdade, a planta é um poderoso laxante e promove o esvaziamento do intestino, por isso a perda de peso.

Além disso, não é incomum escutar que um nutricionista ou médico recomendou o uso do chá de sene para emagrecer. No entanto, isso é feito por um período curto, de até 2 semanas. Nestes casos, o chá é usado para limpar o intestino e eliminar toxinas, de forma a preparar o corpo para o plano alimentar que será seguido.

Como o sene funciona no intestino?

O chá de sene tem um forte efeito laxante porque a planta é rica em senosídeos do tipo A e B, substâncias que têm a capacidade de estimular a contração do intestino, ajudando no trânsito intestinal.

Além disso, o sene tem uma boa quantidade de fibras solúveis, que absorvem a água do organismo, tornando as fezes mais moles.

É seguro usar laxantes para emagrecer?

Os laxantes podem fazer parte do processo de emagrecimento, mas devem ser usados por curtos períodos e com supervisão de um profissional de saúde, servindo apenas para limpar o organismo de toxinas e preparar o corpo para o processo de emagrecimento.

O uso excessivo ou crônico de laxantes pode causar vários problemas de saúde como:

  • Perda da capacidade para defecar: isso ocorre porque os nervos da região perdem sua sensibilidade, ficando dependentes do uso de laxantes para desencadearem os movimentos intestinais;
  • Desidratação: os laxantes causam um funcionamento muito rápido do intestino, o que diminui o tempo que o corpo tem para reabsorver a água, isso acaba eliminando-a em excesso junto com as fezes;
  • Perda de minerais importantes: junto com a água, o corpo também pode eliminar minerais em excesso, principalmente sódio e potássio, que são importantes para o funcionamento dos músculos e do coração, por exemplo;
  • Sangramento pelas fezes: os laxantes provocam uma irritação excessiva do intestino, que pode sangrar.

Várias destas consequências podem afetar o funcionamento dos órgãos internos, o que pode, a longo prazo, resultar em doenças cardíacas graves, colocando a vida do usuário em risco.

Dessa forma, os laxantes, de qualquer tipo, não devem ser usados indiscriminadamente, especialmente quando não existe supervisão por um profissional de saúde.

Mais lidas
Últimas notícias