Mulher encara viagem de 2.400 km para ver webnamorado e toma block no avião

Jasmine Triggs desembolsou o equivalente a R$ 2.153 para se encontrar com o rapaz, que a bloqueou sem nenhum comentário

atualizado 07/10/2020 22:32

A jovem Jasmine Triggs, de 23 anos, adentrou no mundo do webnamoro e se conectou com um rapaz, morador de Houston, no Texas (EUA). Ela, que vive em Fort Wayne, em Indiana, estava a 2414 km de distância do amado, portanto decidiu encarar uma viagem para conhecê-lo pessoalmente.

Pelas redes sociais, a americana relatou todo o envolvimento, dizendo estar apaixonada pelo homem. “Nós estávamos conversando todo dia… Sobre a escola onde ele foi, sobre ele ter sido um líder de torcida na faculdade e ser dono de uma empresa de robótica”, contou.

0

“Eu gostei dela. Nós iríamos nos conhecer”, dizia ainda. A jovem desembolou 388 dólares (R$ 2.153) em uma passagem de avião com destino a Houston.

Animada em se encontrar com o boy magia, que conheceu nas redes sociais, Jasmine pegou um voo e alertou, no Twitter, que o webnamorado “mal podia esperar” para vê-la.

Acontece que, dentro do avião, Jasmine percebeu que as mensagens que estava mandando para o cara não chegavam. Ela desconfiou da internet, portanto esperou pousar no aeroporto no Texas.

Lá, ocorreu o mesmo problema. Preocupada, ela ligou para o rapaz, mas caiu na famosa caixa postal. Pediu para amigos fazerem o mesmo, porém nada de sinal do homem. A ficha de Jasmine despencou: ela havia sido bloqueada pelo amado.

De volta para casa após o bolo, Jasmine reclamou no Twitter. A história dela viralizou, tendo mais de 70 mil likes. O webnamorado, então, a desbloqueou, mas fingiu ser outra pessoa.

“Ou ele pensou que isso seria engraçado ou ele pode ter uma esposa ou namorada porque ele começou a dizer que não me conhecia, mas ele não deveria ter me deixado no aeroporto”, disse Jasmine.

Agora, ela dá dicas para quem está disposto a se encontrar com alguém que conheceu na internet: faça chamadas de vídeo e exija que a outra pessoa compre sua passagem.

Últimas notícias