Processo seletivo do Sisu tem uma única etapa de inscrição. Veja

Podem participar, no primeiro semestre de 2020, os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio deste ano

Vinícius Santa Rosa/Metropoles

atualizado 10/12/2019 7:28

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é o sistema informatizado do Ministério da Educação por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos participantes do Enem.

Pode fazer a inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), no primeiro semestre de 2020, o estudante que participou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019, obteve nota na redação diferente de zero e não é treineiro — aquele que vai concluir o ensino médio após o ano letivo de 2019.

O processo seletivo do Sisu tem uma única etapa de inscrição. Ao efetuá-la, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisu. Os candidatos são selecionados de acordo com a nota do Enem, dentro do número de vagas em cada curso, por modalidade e concorrência.

Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada. Ao fim dessa etapa, o sistema seleciona automaticamente os candidatos mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações (pesos atribuídos às notas ou bônus).

Serão considerados selecionados somente os candidatos classificados dentro do número de vagas ofertadas pelo Sisu em cada curso, por modalidade de concorrência. Caso a nota do candidato possibilite a classificação em duas opções de vaga, ele será selecionado exclusivamente na primeira opção.

Será realizada apenas uma chamada para matrícula. Os candidatos selecionados terão um prazo para isso e, dessa forma, confirmar a ocupação da vaga.

O candidato selecionado na primeira ou segunda opção só terá esta oportunidade de fazer a matrícula. Assim, é importante que fique atento aos prazos: se for selecionado em primeira ou segunda opção, independentemente de efetuar ou não matrícula na instituição de ensino, não poderá manifestar interesse em participar da lista de espera.

O Sisu estará disponível para inscrição dos candidatos de 21 de janeiro de 2020 até as 23h59 de 24 de janeiro de 2020. Durante esse período, o sistema estará aberto de forma ininterrupta. Diariamente, o Sisu calcula e divulga a nota de corte para cada curso. Será considerado o horário oficial de Brasília.

A inscrição é feita exclusivamente pela internet, na página do Sisu, sem a cobrança de taxas.

No dia 28 de janeiro será divulgado o resultado do Sisu. Se você foi selecionado, procure a instituição para fazer sua matrícula. Se ainda não foi selecionado em nenhuma das opções, você pode participar da lista de espera.

O período de matrículas nas universidades fica aberto de 29 de janeiro a 4 de fevereiro. Também, nesse mesmo período, aqueles candidatos que não forem selecionados em nenhuma das opções de curso têm de acessar o Sisu para registrar qual opção de vaga escolhida na fase de inscrição deseja indicar para participar da lista de espera.

Cronograma:

21/01 a 24/01
Período de inscrições. As notas de corte serão divulgadas nos dias 22, 23 e 24 de janeiro a partir de 0h.

28/01
Resultado da chamada regular.

29/01 a 04/02
Prazo para participar da lista de espera.

07/02 a 30/04
Convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições a partir dessa data.

Últimas notícias